Acusada de ter feito pacto com o Diabo, Xuxa rebate pastores: “Idiotas”

Durante décadas, diversos pastores acusaram a apresentadora Xuxa Meneghel de ter feito um pacto com o diabo. Esse seria o motivo pelo qual ela alcançou tanta fama, poder e sucesso, além do contrato com a rede Globo.

O tema surgia em diversas entrevistas, mas a apresentadora não gostava do assunto. Em entrevista à edição de aniversário da Contigo!, publicada este mês, ela fez um verdadeiro desabafo.

Completando 50 anos de idade e ainda ativa na televisão, ela resolveu rebater: “Não entendo quando idiotas falam que tenho pacto com o diabo. Isso me deixa chateada, porque é tanto amor que recebo, de gente de todas as idades, religiões, raças, que não pode vir do ‘cara lá de baixo’, só do ‘cara lá de cima’”.

Depois, filosofou: “Se a única linguagem que Deus entende é a do amor, é a que eles falam comigo todos esses anos”.

Ela falou também sobre outro assunto que lhe incomoda. “Haviam coisas que não entendo porque passei”, referindo-se ao filme Amor Estranho Amor, onde fez cenas que sugeriam sexo com um garoto de 12 anos.

Acusada de pedofilia, ela justifica: “Queria que todo mundo visse a porcaria desse filme para parar de ficar falando coisas por aí. Parece até que era eu, a minha vida ali, não tem nada a ver”.

Atualmente contratada da Record, ligada à Igreja Universal, Xuxa já teve problemas com a igreja no passado. Em 2008, a Folha Universal publicou “Pacto do Mal?”, uma longa reportagem sobre pessoas que teriam vendido a alma ao diabo e colocou na capa uma foto da loira. Xuxa pediu 3 milhões de reparação. A justiça concedeu 1 milhão e obrigou a Universal a se retratar.

(Gospel Prime)