Ana Paula Valadão responde críticas de Silas Malafaia

O Pr Silas Malafaia enviou críticas via twitter para alguns cantores gospel pelo fato dos mesmos “não RT mensagens que convoque o povo para enviar emails para o supremo” afim de que a aprovação da união gay no Brasil seja negada. Ele direcionou mensagens para Ana Paula Valadão, André Valadão, Aline Barros e Fernanda Brum.

Ana Paula Valadão, que está em Londres, respondeu via twitter aos seus seguidores (Sem mencionar o Pr. Silas) que por conta de sua ida à Londres ela não estava à par de tudo o que estava acontecendo, e mesmo que soubesse, estava “offline”. O Diante do Trono está cumprindo sua agenda internacional em Londres, onde participará da gravação de um filme chamado “The Snare” (Saiba mais).

Ana Paula Valadão afirmou:

Antes de ir dormir, muito cansada da viagem para cá na Inglaterra (Reino Unido), tive a tristeza de ler alguns tweets que citam meu nome com acusações e julgamentos.
É verdade, cada um dará contas de si mesmo á Deus, e de cada palavra que proferimos. Lamento por algumas partes do Corpo de Cristo que se acham no direito de acusar outros por não agirem como eles sentem que Deus os chamou para agir. Eu só posso dizer o que eu sinto que Deus quer que eu diga.
Avivamento, a volta de uma pessoa ou de uma nação para Deus e Seus princípios, a meu ver não é algo que aconteça de cima para baixo. Pode haver leis proibindo isso ou aquilo e as pessoas continuarem na prática de pecado. Creio que o avivamento vem de baixo para cima e a mudança ou estabelecimento de leis segundo os padrões de Deus serão consequências do que se passa numa sociedade em avivamento, que quer Deus mais do que querer mudança ou impedimento de legislação, de cima para baixo, clamo por mudança do coração das gentes, da nação, de baixo para cima.
Por exemplo: se as pessoas temerem a Deus não abortarão seus bebês, ainda que haja uma lei a favor do aborto.
Oro para um avivamento espiritual no Brasil. Se isso resultar em leis segundo Deus, amém. Se não, tudo bem, porque as pessoas temerão Deus de qualquer maneira.
Vou dormir e me concentrar na missão que o Pai me confiou p esses dias aqui em Londres. Obrigada aos que oram por mim e pela minha equipe agora.

Tadeu Ribeiro
[email protected]

Antes de ir dormir, muito cansada da viagem para cá na Inglaterra (Reino Unido), tive a tristeza de ler alguns tweets que citam meu nome com acusações e julgamentos.
É verdade, cada um dará contas de si mesmo á Deus, e de cada palavra que proferimos. Lamento por algumas partes do Corpo de Cristo que se acham no direito de acusar outros por não agirem como eles sentem que Deus os chamou para agir. Eu só posso dizer o que eu sinto que Deus quer que eu diga.
Avivamento, a volta de uma pessoa ou de uma nação para Deus e Seus princípios, a meu ver não é algo que aconteça de cima para baixo. Pode haver leis proibindo isso ou aquilo e as pessoas continuarem na prática de pecado. Creio que o avivamento vem de baixo para cima e a mudança ou estabelecimento de leis segundo os padrões de Deus serão consequências do que se passa numa sociedade em avivamento, que quer Deus mais do que querer mudança ou impedimento de legislação, de cima para baixo, clamo por mudança do coração das gentes, da nação, de baixo para cima.
Por exemplo: se as pessoas temerem a Deus não abortarão seus bebês, ainda que haja uma lei a favor do aborto.
Oro para um avivamento espiritual no Brasil. Se isso resultar em leis segundo Deus, amém. Se não, tudo bem, porque as pessoas temerão Deus de qualquer maneira.
Vou dormir e me concentrar na missão que o Pai me confiou p esses dias aqui em Londres. Obrigada aos que oram por mim e pela minha equipe agora.