Baterista do Palavrantiga nega volta da banda e revela brigas internas em desabafo

O baterista Lucas Fonseca, responsável por ter gravado com artistas como Heloisa Rosa, Lucas Souza e ter sido um dos fundadores da banda Palavrantiga, utilizou a página da banda no Facebook para afirmar questões acerca do retorno anunciado do conjunto, feito pelo vocalista Marcos Almeida nesta semana.

Segundo Lucas, o grupo não retornará com a formação original e a decisão de retorno não envolveu diálogo entre Marcos e os demais integrantes. Com base nisso, o instrumentista também falou acerca dos motivos em torno do fim das atividades do conjunto em 2014.

“Não existe futuro naquilo que não permanece. Não é e nunca foi verdade que a banda permaneceu. Essa decisão foi isolada do Marcos, que queria prosseguir sozinho, já pastor e assalariado. Todos nós da banda ficamos à mercê de termos que nos reajustar na vida de última hora, cada um se virando como podia. Por fim superei, e superamos, mas não foi fácil para ninguém”, contou Lucas.

Em seguida, Lucas Fonseca teceu críticas à decisão de Marcos em retornar com a banda que se deu em parceria com a produtora Toca Produções. “Quer que a banda se reúna novamente nas datas que ele já marcou por conta própria, sem consultar ninguém, contando uma história da carochinha que ele mesmo inventou, para assinar em baixo da sua tão auto-aclamada brasilidade, que nunca fez tanto sentido em sua literalidade como agora”, acrescentou.

“Em tempos de meias verdades, cada um fala o que quer, e vive como quer. Tudo é relativizado. E essa jogada de carreira do sr. Marcos Almeida nada mais é que política, em seu pior sentido, como a nossa triste e atual história se mostra tão clara, tão repetitiva, e que enoja tanto a gente”, criticou Lucas.

Segundo o instrumentista, o conjunto como o qual foi conhecido no meio nacional não existe mais. “O que passa a existir a partir de agora é apenas um retalho de uma coisa que foi muito legal enquanto durou, mas que agora servirá apenas para continuar inflando o ego de seu ex-vocalista”, finalizou.

Em resposta, Marcos Almeida publicou: “Devido a triste polêmica que ocorreu agora no perfil do Palavrantiga, fato que desconsiderou todo nosso esforço em ser coerente com aquilo que cantamos, mesmo em tentativa de conversa com o nosso ex-baterista, que tem total acesso a nossa casa e família, vamos esperar a poeira baixar e então gravaremos um vídeo para maiores esclarecimentos”.

(Gospel Prime)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *