Cantora gospel denuncia assédio: “Libertinagem não é liberdade”

Uma cantora gospel, que faz muito sucesso no Tocantins, utilizou suas redes sociais para denunciar que estava sendo vítima de assédio por alguns seguidores. Trata-se de Lorena Rosa, que está despontando na música gospel e fazendo diversos shows pelo país.

Cantora gospel Lorena Rosa

Ela reclamou de “pessoas que não se colocam no seu devido lugar”, e disse esperar não ser mal interpretada. A cantora gospel, então, começou sua fala sobre “libertinagem”, deixando claro que a palavra é diferente de liberdade. No caso, “pessoas que não se dão o respeito, e nem respeitam o próximo”, segundo ela, estão assediando-a via Whatsapp, Facebook e Instagram.

Ela lamentou os casos, e disse que “é muito triste” ter que bloquear ou encerrar amizades com outras pessoas pelo fato desconfortável de estar sendo assediada. Segundo ela, “um simples obrigado, por ser gentil” é mal interpretado por pessoas maliciosas. Ela finalizou dizendo que “a internet é livre” e que vai começar a bloquear os perfis mal intencionados: “É o que vou começar a fazer”.

O momento é oportuno. Diversas entidades de atores, músicos e cantores no mundo todo começaram a investigar e denunciar produtores e chefes de mídia, que se aproveitam de seus postos para cometerem todo tipo de abusos e assédios. O gospel, ao que parece, não foge à regra.

Tadeu Ribeiro
[email protected]