Cantora morre eletrocutada enquanto se apresentava em igreja

Um aparente acidente com fiação elétrica ceifou a vida de uma cantora enquanto ela se apresentava em uma igreja na França. As autoridades estão investigando o caso.

A cantora francesa Barbara Weldens, 35 anos, era uma das convidadas de um festival realizado na Igreja dos Cordeliers, na cidade de Gourdon, sul da França. Ela morreu eletrocutada, por volta da meia noite, segundo informações da agência France Presse.

As pessoas presentes no evento acionaram os bombeiros e pediram socorro, mas não foi possível salvar a cantora, que havia acabado de lançar seu primeiro álbum. Em 2016, Barbara Weldens havia vencido o primeiro prêmio de Jovens Talentos do Festival Jacques Brel e recebido o prêmio revelação “Scène de la l’Académie Charles Cros”.

Nas redes sociais, muitas pessoas demonstraram incredulidade com as cirscunstâncias da morte da cantora: “A notícia dessa tragédia nos fez descobrir essa artista e essa voz. Como é possível em 2017 morrer eletrocutado em uma apresentação? Ela tinha talento e isso é muito triste. Esperamos que a elucidação da causa de seu óbito permita evitar acontecimentos semelhantes no futuro. Condolências à família”, comentou uma internauta.

“Barbara, eu conheci você e seu talento no ano passado em um pequeno concerto, eu fiquei maravilhada. Estou muito triste que tenha partido”, lamentou outra usuária do Facebook.

O promotor de Justiça de Gourdon afirmou que, a princípio, foi um acidente: “Vamos ver nas próximas semanas se será necessária uma reclassificação”, disse à agência de notícias AFP. “Nenhuma pista será descartada”, acrescentou. O corpo da cantora foi submetido à autópsia no departamento de medicina legal da cidade para que a causa da morte seja determinada.

(Gospel+)