J. Neto é acusado de faltar show por estar bêbado e se defende

O cantor gospel J. Neto, um dos maiores nomes da música gospel nacional, que brilhou muito na década de 90 até meados dos anos 2000, envolveu-se em uma polêmica por um possível consumo de álcool.

Tudo começou quando um site de fofocas publicou uma matéria onde supostas publicações do líder da Igreja Quadrangular em Alagoas, Pr. João Luiz, que também é ex-deputado estadual, foram divulgadas, com mensagens que diziam que o cantor J. Neto havia sido contratado para se apresentar na igreja do referido pastor, mas que, por motivos de embriaguez, ele não teria comparecido, mesmo o cachê já estando pago. O pastor publicou ainda uma foto em que o cantor gospel aparece com semblante mais debilitado, e creditou o aspecto físico à dependência de bebidas.

A caução do cachê, de R$ 2.500, foi pago via transferência bancária, e as passagens aéreas já haviam sido emitidas. Os comprovantes das operações foram publicados também pelo pastor da Quadrangular, com legendas que diziam: “Olha o estado do cidadao dá pena de ver vou orar por ele e usar a lei para ele não continuar a enganar a noiva de cristo (sic)”.

Portal do Trono entrou em contato com a assessoria do cantor J. Neto, que nos contou toda sua versão dos fatos. Segundo a defesa do cantor, as imagens dos prints publicados pelo blog de fofocas não são verídicos, e que o cantor J. Neto já entrou em contato com o pastor da Quadrangular, que é seu amigo, obtendo a informação de que ele não havia publicado nada em suas redes, sendo fruto de armações difamatórias.

A assessoria de J. Neto também afirmou que o cantor de fato não compareceu ao evento em questão, mas que o motivo teria sido uma gripe que o acometeu, após participar de um evento anterior, no dia 27 de abril em Camaçari (BA). Por também estar com febre alta, foi decidido que J. Neto não embarcaria no dia 30 do mesmo mês para o evento que ocorreria no feriado do trabalhador, dia 1. Como não conseguiu-se remarcar as passagens, o cantor acabou não podendo comparecer por conta de sua saúde. A nota termina dizendo que J. Neto espera uma retratação do blog que iniciou as conversas difamatórias, e dá a entender que pode tomar providências mais duras. Confira abaixo a nota enviada pela assessoria de J. Neto ao Portal do Trono

“O cantor J Neto, atendeu agenda em Camaçari-Bahia dia 27 de abril, evento realizado pela ASSEMBLÉIA DE DEUS AVIVAMENTO, onde cantou em praça pública num Trio Elétrico, exposto ao clima frio daquela noite, tendo sua imunidade baixada e evoluindo em estado Gripal, acompanhado de febre alta. Na véspera do evento da igreja quadrangular em Maceió, dia 30.04.2018 e pouco antes do embarque, o cantor ainda recuperava-se do referido quadro e optou por não embarcar no vôo, pois o evento seria no dia 1 de maio, nossa equipe tentou remarcar os aéreos juntamente a Cia, porém sem êxito, começou ai uma tentativa de compra pra novas passagens em um vôo no dia do evento, mas nao conseguimos, foi quando tentamos contactar o Pr. João Luiz, este amigo pessoal de nosso cantor, afim de encontrarmos uma solução mais viável para tratarmos do imprevisto, contato este que, fora impedido por um de seus pastores. Assim o cantor não embarcou no dia do evento e prosseguiu recuperando-se da referida “gripe”.

Vale salientar que, o Pr. João Luiz já nos contactou, afirmando categoricamente, nao ter nada haver com a matéria, muito menos sendo autor de tamanha calúnia, embora os prints mostrem que todo “material” fora postado em seu INSTAGRAM, sendo recibos e uma “foto” velha, que aparentemente foi retirada de um vídeo, mostrando o cantor com cabelos cheios e crescidos, diferente do visual atual do cantor, conforme mostram imagens de suas últimas apresentações às vésperas do referido evento em Maceió.

Aguardamos as provas do site, quanto à sua “dolosa” e irresponsável matéria, bem como explicações do PR. João Luiz, inclusive apresentando à todos o autor das postagens em sua página. Diante o exposto, afirmamos que o cantor J NETO não fez ou faz consumo de bebidas alcoólicas, drogas ou afins. Aguardamos desde já a retratação deste site e seus responsáveis, reparando a maldade e dano, além da tristeza nos milhares de corações apaixonados pelo cantor J NETO.”

Tadeu Ribeiro
[email protected]