“Me achava tão feia, não gostava de nada em mim”, diz Ana Paula Valadão

aniversarioanaAna Paula Valadão publicou ontem (02) em seu canal Vlog dos Bessa, mais um vídeo de sua rotina, e compartilhou fatos íntimos de sua personalidade, que envolveu o processo de criação de “Aos olhos do Pai”, clássico infantil composto por ela para o Crianças Diante do Trono.

Enquanto era maquiada antes de uma apresentação, Ana Paula conta: “Aos olhos do Pai eu compus primeiro pra mim, né gente? Eu fui a primeira a ser curada pelo amor do Pai. Bispa Dirce, eu tinha trauma até do meu joelho. Eu me achava tão feia e rejeitava tanto. O diabo é mentiroso, né? Então, ele quer distorcer a nossa identidade desde cedo”, disse.

A Bispa Dirce, que a acompanhava, perguntou se isso havia se passado na época do colegial, o que Ana confirmou: “Isso, ficava sempre me comparando com outras meninas. Não gostava de nada em mim. Então, quando eu cantei ‘Aos olhos do Pai’, o Senhor disse pra mim: ‘Senta na mesa, imagina uma menina na beirada da mesa e canta pra ela o que você gostaria que tivessem cantado pra você’. Eu era recém casada e eu imaginei aquela menininha e cantei pra ela e nasceu ‘Aos olhos do Pai’. Nasceu a letra e a melodia ao mesmo tempo”.

Para a líder do Diante do Trono, hoje sua alma está curada, e cuidar de sua aparência interior e exterior se tornou um processo mais normal: “E eu vejo assim, que aprender a me maquiar, curtir que uma pessoa me maquie, arrumar o meu cabelo, isso tudo foi muita cura pra minha autoestima, porque acaba que quando a gente não gosta de si mesma a gente nem se cuida, não se curte, né? E hoje eu posso olhar no espelho e me achar linda. Não porque eu seja realmente uma modelo, não é nada disso. Não estou falando de estereótipos. Mas, eu estou falando de uma alma curada”, disse Ana.

Assista:

Tadeu Ribeiro
[email protected]