Menino de 12 anos beija namorado em festa de aniversário e causa polêmica

Um vídeo se tornou viral durante a madruga desta quarta-feira(22) nas redes sociais. A filmagem mostra um menino de 12 anos beijando seu namorado de 14 durante o ”parabéns” da festa de aniversário.

A decoração da festa é simples porém com a temática ”Pabllo Vittar”. No vídeo aparece um bolo com a foto da drag queen e ainda fotos de Vittar afixadas na parede ao fundo. O vídeo provocou polêmica na web. Alguns internautas suspeitam que trata-se de fakenews e muitos criticaram o contexto da situação.

A música de ”parabéns pra você” também é diferenciada. ”Muitos anos de vida!!! É [email protected] é [email protected], é [email protected] é [email protected] é [email protected] no seu c*”. Os adolescentes parecem estar rodeados por amigos e parentes.

O assunto gerou amplo debate nas redes sociais, com a maioria das pessoas se mostrando contrárias. Em especial por que pelo Artigo 217-A do Código Penal, é crime “Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos”.

Conservadores reagem
O jornalista conservador Paulo Eduardo Martins, um dos primeiros a denunciar o vídeo, escreveu: “É bizarro o que os esquerdistas fizeram com as nossas crianças. Sexualizaram a infância e induziram aqueles que ainda não têm condições de discernimento a escolherem sobre caminhos aos quais ainda não estão preparados para seguir. Eu lamento pelos garotos do vídeo, lamento por outras crianças que se enquadram no exemplo desses garotos. Não lamento pelos adultos responsáveis por todo esse processo cultural, esses eu tenho o dever de combater”.

O pastor e autor Rosivaldo Silva Santos afirmou em artigo recente em sua coluna no portal Gospel Prime que: “O surgimento de um novo padrão de infância no Brasil, além de pernicioso é certamente contagiante. Há uma erotização infantil causada, em parte, pela cultura funk. Não resta dúvida de que suas letras retratam algo totalmente degradante e precisam ser, a todo custo, reprovados e os autores de tais infâmias (os pais ou responsáveis) punidos com todo o rigor da lei. Em meio a tantos descasos gritantes mostrados a cada dia pela mídia já é tempo de a leis brasileiras mostrarem que servem para alguma coisa de fato útil para a preservação da moral e da infância em nossa nação”.

E você, o que acha?