Morre aos 88 anos cantor gospel que compôs clássico “100 ovelhas”

O cantor, compositor e missionário Juan Romero faleceu na última sexta-feira, 21 de julho, aos 88 anos. O artista era o autor da música Vision Pastoral (popularmente conhecida no Brasil como “100 Ovelhas”).

A emissora de TV cristã CVC LaVoz noticiou a morte de Romero, mas os detalhes não foram especificados. Mexicano, ele também deixou obras escritas e grande legado na comunidade evangélica latina.

O cantor Marcos Witt comentou a partida de Juan Romero: “Hoje partiu para a glória nosso amado Juan Romero. Poeta, compositor, escritor e comunicador por excelência do mundo cristão. Seu hino ‘Visão Pastoral’ tornou-se um padrão clássico da música cristã. Gerações de ministros foram inspiradas e motivadas por sua simpatia e senso de humor. Aquele que compôs e cantou ‘O Bom Pastor’, tem agora a alegria de ser abraçado por Ele. Eu o homenageio hoje e sempre. Sentirei sua falta, meu querido amigo”, lamentou.

Outro que prestou condolências foi o ministro de louvor Danilo Montero: “Hoje, o cantor mexicano Juan Romero foi para o Senhor. Entre as músicas que ele escreveu, a ‘Visão Pastoral’ (ou ‘Eram cem ovelhas’) era uma das muitas que conhecemos. Eu o conheci aos quatorze anos, quando ele veio para nos dar uma palestra de treinamento para futuros professores de escola dominical. Ele gostava de cantar, então eu ia várias vezes durante a semana. Mas o que tocou minha vida era mais profunda paixão por Deus e seu humor, singular. Eu sabia que estava na frente de um exemplo do que eu queria ser: alguém que servia a Deus com sinceridade e paixão”, comentou, de acordo com o portal Noticias Cristianas.

Trajetória
Nascido em 11 de janeiro de 1929, em Monterrey (México), Romero tinha sete anos quando um jovem missionário chegou à sua cidade natal e pregou a ele. 19 anos depois, Romero se tornaria um evangelista, e em 1949 se casaria com Aurora Orozco, com quem teria quatro filhos.

Entre 1967 e 1976, Romero serviu como um representante da Escola Dominical na América Latina e nas Antilhas, acompanhando o missionário Jorge Davis, com programas sociais para jovens, no modelo “escoteiro”.

Nos anos 2000, ele e sua esposa veicularam um programa de televisão que alcançou mais de 70 milhões de pessoas. Ao total, Romero compôs mais de 430 canções, dezenas de livros – incluindo uma coleção de poemas – e uma autobiografia sobre seus 50 anos de ministério.

(Gospel+)