Papa Francisco abençoa grupo gay católico em carta

papa francisco

Contrapondo o seu antecessor Bento 16, o papa Francisco deu mais um sinal de que deseja estabelecer uma relação mais tolerante e aberta com a comunidade gay. A julgar pela informação publicada nesta quinta-feira (10) pelo jornal italiano La Repubblica. De acordo com a publicação, o líder da Igreja Católica abençoou numa carta o grupo LGBT católico Kairos, da cidade de Florença.

Anteriormente, no último mês de junho, o Kairos havia enviado uma carta ao pontífice pedindo que os homossexuais fossem tratados pela Igreja como pessoas e não como uma ‘categoria’ e que o debate fosse aberto com a comunidade gay. O grupo ressaltou na correspondência que a falta de diálogo alimenta a homofobia.

“Nunca tínhamos recebido qualquer tipo de resposta”, revelou Innocenzo Pontillo, um dos líderes Kairos, que ressaltou o caráter amigável da mensagem do papa. “Ele aprovou de sobremaneira o que escrevemos para ele, chamou a iniciativa de ‘gesto de confiança’”, prosseguiu Pontillo.

O integrante do Kairos ficou espantando com o fato de Francisco ter abençoado o grupo. “O Papa também confiou a nós a sua saudação de benção… Nenhum de nós poderia imaginar nada parecido com isso”, admitiu Pontillo.

Francisco tem dado recorrentes declarações mais tolerantes aos gays nos últimos meses. Em julho, na despedida de sua viagem ao Brasil, o papa defendeu que homossexuais não fossem julgados ou marginalizados por conta de sua orientação sexual.

“O catecismo da Igreja Católica explica isso muito bem. Diz que eles não devem ser marginalizados por causa disso (orientação sexual), e sim que devem ser integrados à sociedade”, declarou o papa Francisco na ocasião.

(IG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *