Pastor critica postura de homens evangélicos: “Está cheio de crentezinho boiolinha nas igrejas”

O pastor Paulo Junior, que é líder da Igreja Aliança do Calvário chamou atenção dos fieis em um culto por uma declaração sobre os homens evangélicos.

No sermão que o pastor proferiu o tema dizia respeito a influência que a sociedade tinha sobre a Igreja, mais especificamente sobre os homens, ou “varões”. Para ele, havia uma certa “deficiência” na postura que os jovens evangélicos deveriam ter, segundo sua visão. A culpa, conforme sua fala, é do diabo.

“Eu quero dizer uma coisa para vocês, jovens: está tendo uma deficiência mundial, principalmente nacional, de homens. Essa geração não produz homens. Essa cultura, esse governo, está ‘desmasculinizando’ (sic) os homens, está efeminando os homens. Veja a cultura, a moda. Como os homens têm se vestido? Como moças, como gays”, disse o pastor.

E acrescentou: “Jovem, […] você precisa ter porte varonil. Essa sociedade está efeminando os homens. Está tirando a voz ativa dos homens, fazendo-os ser diminuídos. Deus fez macho e fêmea. Fez o homem para ter macheza – não estou dizendo machismo -, virilidade, robustez, liderança. Os homens estão perdendo a voz ativa na sociedade, na família”.

Segundo o pastor, o diabo tem usado a cultura e a moda para influenciarem esses comportamentos, que em sua visão são errados para um “macho”. “Os homens estão se vestindo como mulheres, estão falando como mulheres… A explosão do homossexualismo… É um país, uma geração, que promove o homossexualismo. E Deus está dizendo para vocês: ‘Virem homens, se vistam como homens, se portem como homens, falem como homens’”, disse.

A parte mais polêmica da fala do pastor foi dita quase no final: “Está cheio de crentezinho evangélico meio ‘boiolinha’ dentro da igreja (sic)”, concluiu.

Assista:

Tadeu Ribeiro
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *