Pastor de mega-igreja é preso após tentar sair dos EUA com 1 milhão

Um pastor que se auto-denomina “Filho de Deus” foi preso na última semana no Havaí (EUA). Apollo Quiboloy é um dos maiores pastores das Filipinas, e conta com uma mega-igreja de cerca de 6 milhões de fieis, com filiais por todo o mundo. Ele foi detido depois que tentou sair do Havaí com cerca de US$ 350 mil dólares, cerca de R$ 1,1 milhão de reais. As informações são do The Christian Post.

Apollo Quiboloy em frente ao seu jatinho particular

O pastor tentava levar o dinheiro em sua aeronave particular, um jatinho modelo Cessna Citation Sovereign, avaliado em cerca de R$ 50 milhões de reais. Além das cédulas de dólar, foram apreendidas pelos agentes da polícia americana peças que servem para montagem de rifles militares. Ainda de acordo com a polícia, o dinheiro estava organizado em notas de 100 dólares, dentro de meias, escondidas em malas.

Além dele, outras 4 pessoas tentavam embarcar, até serem parados pela alfândega dos EUA, que acabou descobrindo o esquema. Dos outros tripulantes, apenas uma era americana, Felina Sinas, de 47 anos. Ela declarou na ocasião que o dinheiro era dela, e por isso foi presa em flagrante. Pela legislação americana, é proibido sair do país com mais de 10 mil dólares sem declarar à Receita Federal dos EUA. A mulher foi liberada após pagar R$ 80 mil de fiança, e o pastor, que estava na ilha fazendo um show, voltou dentro de um voo comercial para as Filipinas. Seu jatinho, no entanto, continua no Havaí, à disposição da justiça americana.

Apollo Quiboloy fundou a Igreja da Restauração em 1985, após anunciar que Deus havia aparecido para sua mãe em forma de uma nuvem depois que ele nasceu, dizendo: “Esse é meu filho”. A partir de então, passou a se denominar “Filho de Deus”. Ele é amigo pessoal do presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte. E além disso possui um patrimônio bilionário. Ao ser questionado pela emissora ABC em 2010, ele disse que o fato dele ser rico era uma vontade de Deus: “Se não é a vontade de Deus que eu tenha essas coisas que tenho, você pode tomar”, afirmou.

Tadeu Ribeiro
[email protected]