Guerra na Síria foi prevista em profecia da Bíblia e teólogos explicam

A guerra civil que assola a Síria está chamando a atenção do mundo todo. Principalmente depois que a França, Estados Unidos e Reino Unido decidiram bombardear lugares estratégicos que eram utilizados como fábricas de armas químicas, usadas recentemente pelo governo do ditador Bashar al-Assad, apoiado apenas pela Rússia.

Trecho de Isaías 17

Agora, uma passagem bíblica tem viralizado na internet, dando conta de um suposto extermínio da cidade de Damasco. Para alguns, o livro cristão previu, milênios atrás, que a Síria passaria por todas essas provações de hoje. Trata-se de uma passagem de Isaías, capítulo 17, versículos 1, 2 e 3, que diz: “Peso de Damasco. Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas. As cidades de Aroer serão abandonadas; hão de ser para os rebanhos que se deitarão sem que alguém os espante. E a fortaleza de Efraim cessará, como também o reino de Damasco e o restante da Síria; serão como a glória dos filhos de Israel, diz o Senhor dos Exércitos.”

Mas os teólogos argumentam que essa passagem é direcionada a um episódio específico daquela época, e que remonta ao ano de 562, quando o reino meridional, conhecido como reino de Judá, fazia parte do Império Assírio e acabou sendo tomado de Jerusalém pelo Império Babilônico.

A passagem de Isaías, no entanto, tem tomado conta das redes sociais, e mesmo com a explicação teológica, a maioria dos cristãos estão entendendo o texto de Isaías como uma profecia que está se cumprindo nos dias atuais.

Segundo um relatório divulgado em março por uma ONG, cerca de 511 mil pessoas já morreram nos 7 anos de conflito que assolam a Síria desde o início da guerra. Outros 5,6 milhões já deixaram o país em busca de refúgio em outros países do ocidente, dentre eles, cerca de 2,6 milhões de crianças e adolescentes, a maioria órfãs, após perder os pais no conflito.

Tadeu Ribeiro
[email protected]