Silas Malafaia presta queixa-crime contra youtuber Felipe Neto

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Pr. Silas Malafaia, decidiu ingressar com uma queixa-crime contra o Youtuber Felipe Neto, que possui mais de 18 milhões de seguidores na plataforma de vídeos do Google. As informações são do jornalista Ancelmo Goes do jornal O Globo. 

Silas Malafaia entra com processo na justiça contra Felipe Neto.

Em 2017, Silas Malafaia lançou um vídeo em que criticava a Disney, por exibir um beijo gay entre dois personagens de desenhos infantis. O pastor chegou a fazer uma campanha para que os pais não deixem seus filhos assistirem à atração kids. Em resposta, Felipe Neto usou seu canal no Youtube para criticar a postura do pastor. Entre outras coisas, ele chamou Malafaia de “Canastrão”, e disse que ele explorava “a fé das pessoas para enriquecer”.

Silas Malafaia decidiu, então, ingressar com uma queixa-crime por injúria, calúnia e difamação na justiça. Crimes contra a honra, como é o caso, só podem ser processados se a vítima prestar queixa. Após isso, segue-se prazo para que Felipe Neto apresente sua defesa escrita, e em seguida nas audiências de conciliação e instrução que deverão ser marcadas em breve. O pastor também pensa em processar no âmbito cível o youtuber, caso que poderá surgir uma indenização por danos morais de Felipe para Malafaia, se for condenado.

O pastor Silas Malafaia é presidente e fundador da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que possui diversas filiais em todo o Brasil e já acumula milhares de fieis. Sua influência também está ligada aos seus programas televisivos, presentes em alguns canais de abrangência nacional e internacional. Já Felipe Neto é um dos Youtubers mais famosos do Brasil, com um alcance de milhões de pessoas todas as semanas. Os dois trocam farpas desde que tudo se deu, ano passado. Agora, a justiça deverá julgar a conduta de ambos para definir qual dos dois é detentor da verdade.

Tadeu Ribeiro
[email protected]