Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Danilo Gentili coloca Marco Feliciano contra a parece e diz que pastor mentiu

Publicado

em

Danilo Gentili e Marco Feliciano - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O apresentador de televisão Danilo Gentili, acusado de pedofilia, rebateu ataques que vem sofrente após a divulgação na internet de uma cena do seu filme, o “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola”. O comunicador aproveitou também para alfinetar Marco Feliciano.

Marco Feliciano, que é pastor e deputado federal, esteve também no centro desta polêmica, isso porque internautas resgatam um post dele de 2017 parabenizando o filme. Mais tarde, Feliciano excluiu a postagem e justificou dizendo que não teria visto a cena polêmica, pois talvez, teria se ausentado da sala do cinema para atender um telefone.

Danilo Gentili comentou sobre a polêmica e disse que na época tinha um discurso muito incisivo a favor da liberdade de expressão, e que por conta disso, muitos políticos pegaram carona no seu posicionamento. Mas, afirmou que, ou Marco Feliciano mentiu dizendo que viu o filme, ou mentiu dizendo que foi atender o telefone.

“Saíram pegando carona e postando, aí hoje fala que foi atender o telefone… Ou ele nem viu o filme e mentiu, ou ele mentiu que foi atender o telefone”, disse o apresentador durante uma entrevista ao Morning Show, na Jovem Pan, nesta terça-feira (15/03).

Gentili finalizou deixando um versículo bíblico para o religioso:

“Nesses casos um pastor tem que tomar cuidado com aquele versículo de João que fala que o diabo é o pai da mentira, e quem mente é servo do diabo. É um detalhe, mas é feio pra um pastor”, concluiu ele.

O caso ganhou repercussão nacional neste final de semana, e nos últimos dias, diversas autoridades como o Ministro da Justiça, Anderson Torres, deputados federais e estaduais pediram a retirada imediata do longa das plataformas como a Netflix. Líderes evangélicos também protestaram contra o filme, entre eles o pastor Marco Feliciano, Talitha Pereira, Junior Trovão, entre outros.

“Falei com o presidente da Frente Evangélica, deputado Sóstenes Cavalcante, e com o senador Magno Malta, que é autoridade no assunto pedolifia, também com juristas de peso e juntos faremos uma ação coordenada”, escreveu Marco Feliciano em suas redes sociais.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página