in

Padre celebra casamento gay em SP e é afastado pela diocese

Um padre foi afastado de suas funções na igreja católica ontem (12), após dar uma bênção a um casamento homoafetivo entre dois homens, que ocorreu no último sábado (7), em uma chácara na cidade de Assis (SP).

Publicidade
Padre Vicente Paula Gomes celebra casamento homoafetivo em Assis (SP).
Padre Vicente Paula Gomes celebra casamento homoafetivo em Assis (SP).

A Diocese divulgou um decreto de medida cautelar, baseado no Código Canônico, afastando o padre Vicente Paula Gomes de suas funções. A decisão foi assinada pelo Dom Argemiro de Azevedo, bispo diocesano de Assis.

Na celebração, o padre afirmou que família é todo núcleo que pode garantir uma vida digna, e que por isso daria a bênção: “Achamos que lar basta ter um homem e uma mulher. Família não é só isso. Nuclear uma família significa criar condições para uma vida digna. Por isso, é com alegria que estou aqui”, disse.

PUBLICIDADE

O padre também afirmou que esperava receber algum tipo de punição da igreja pelo ato, mas que iria pagar o preço mesmo assim: “Já estou até pensando no que o Dom Argemiro vai falar segunda-feira, mas a bênção não me diminui, nem vai diminuir a igreja, nem vocês”.

O religioso ficará suspenso de suas atividades na igreja até o fim das investigações próprias feitas pela instituição.

Publicidade

Fábio Pannuzio: ‘Onde tem na Bíblia que Jesus era branco e hétero?’

Jogadores do Palmeiras vão à Angola fazer missões: ‘Frutos sendo gerados’