Conecte-se conosco

Polêmicas

Anderson Silva acusa pastores de conivência com Davi Passamani: “Padrinhos de canalhices”

Publicado

em

Na sequência dos recentes desenvolvimentos no caso envolvendo o pastor Davi Passamani, da Igreja CASA de Goiânia, novas informações surgiram, incluindo declarações polêmicas do pastor Anderson Silva.

Anderson Silva fez comentários contundentes sobre a situação do pastor Davi Passamani, mencionando pastores que, segundo ele, supostamente acobertam o líder religioso. Em suas declarações, Anderson destacou a gravidade da situação, afirmando que a reputação da Igreja está em jogo.

“Há pastores que estão encobrindo esse homem, permitindo que continue a destruir a pureza da igreja de Jesus. Isso é inaceitável”, disse.

Em uma postagem nas redes sociais, Anderson Silva revelou detalhes sobre um acordo judicial relacionado a uma denúncia de 2020 envolvendo o pastor Passamani. “O maldito fez um acordo judicial para uma denúncia de 2020. Como era réu primário, o acordo foi possível!”

O ex-líder da Igreja Vivo Por Ti expressou sua indignação com a possibilidade de o acordo ser desfeito diante da nova denúncia de 2023. “Com a denúncia de 2023, o acordo com a justiça pode ser desfeito! Essa canalha tem que ir para atrás das grades, caso contrário, continuará a destruir a pureza da igreja de Jesus!”

Anderson Silva também fez menção a outros líderes religiosos em sua publicação, destacando que Luiz Herminio, Felipe Vilela, Aluízio A. Silva, Neil Barreto, Wesley Ros, e Valdir Alves Reis, são “acobertadores e padrinhos de canalhices” e que “deveriam vir a público” para se manifestar sobre o escândalo do pastor Passamani. Veja:

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página