Conecte-se conosco

Gospel

André Mendonça rebate fala de Gilmar sobre “narcomilícia evangélica”

Publicado

em

Ministro do STF, André Mendonça, contesta afirmação de Gilmar Mendes sobre "narcomilícia evangélica" - Foto: Marcelo Camargo e Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu uma nota em resposta a declarações feitas pelo ministro Gilmar Mendes, também do STF, sobre a existência de uma “narcomilícia evangélica” no Rio de Janeiro. O comunicado foi divulgado nesta quarta-feira (13 de março de 2024).

André Mendonça, que é evangélico e pastor da Igreja Presbiteriana, afirmou ter conversado com Gilmar Mendes sobre a declaração, onde o decano ressaltou seu respeito pela comunidade evangélica e afirmou não ter tido a intenção de constranger seus integrantes com suas palavras. Mendonça também expressou disposição em esclarecer o assunto com líderes da igreja.

Durante uma entrevista à GloboNews na terça-feira (12 de março de 2024), Gilmar Mendes mencionou que, em uma reunião recente no STF, foi relatado aos ministros a existência de um suposto acordo entre traficantes e milicianos ligados a uma igreja evangélica no Rio de Janeiro.

“O ministro Luís Roberto Barroso presidiu uma reunião extremamente técnica sobre essa questão, e um dos oradores falou de algo que é raro ouvir: uma ‘narcomilícia’ evangélica, aparentemente no Rio de Janeiro, onde se tem um acordo entre narcotraficantes e milicianos pertencentes ou integrados a uma rede evangélica”, disse Gilmar Mendes durante a entrevista.

Mendonça contestou a fala de Gilmar, chamando-a de “grave, discriminatória e preconceituosa”, e destacou o papel da comunidade evangélica na prevenção ao crime, especialmente relacionado ao tráfico e uso de drogas, que afeta as famílias brasileiras. Ele também enfatizou que os membros da igreja evangélica são os mais interessados na investigação dos fatos mencionados por Gilmar Mendes.

O ministro Mendonça, que assumiu uma cadeira no STF em dezembro de 2021, foi indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro. A disputa entre os ministros do STF reflete debates sobre segurança pública e religião no Brasil. O comunicado de Mendonça foi divulgado nesta 4ª feira. Eis a íntegra.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página