Conecte-se conosco

Polêmicas

Bispo Edir Macedo é acusado de homofobia após dizer que “ninguém nasce homossexual”

Publicado

em

Bispo Edir Macedo e sua esposa Ester Bezerra em transmissão ao vivo - Imagem: Universal

Líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), o bispo Edir Macedo, diretamente da Terra Santa, Israel, ministrou uma palavra para membros da igreja, além dos telespectadores da Record TV, em transmissão ao vivo, na noite de sábado, véspera de Natal.

Na ocasião, disse que nenhum ser humano nasce homossexual. A afirmação foi feita em transmissão ao vivo nas redes sociais do religioso, e repercutiu na internet.

Macedo lia uma passagem bíblica sobre a importância da união familiar quando decidiu abordar a questão dos pecados do mundo.

“Ninguém nasce mau. Ninguém nasce ladrão, ninguém nasce bandido, ninguém nasce homossexual, lésbica… Todo mundo nasce perfeito com sua inocência. O mundo, porém, faz as pessoas serem o que elas são, quando elas aderem ao mundo”, disse.

Mas, a declaração do líder religioso revoltou a comunidade LGBT que partiu para cima do bispo.

Muitos acusaram Edir Macedo de homofobia e preconceituoso. Além disso, criticaram a Record TV por exibir o trecho em rede nacional, que aconteceu no último sábado (24/12), e durou 30 minutos.

Publicidade

Na pregação que foi ao ar, Edir Macedo estava juntamente com a mulher, Ester Bezerra, das filhas, Cristiane Cardoso e Viviane Cardoso, e dos genros, Bispo Renato Cardoso e Bispo Júlio Freitas. Ambos comandaram o programa ‘Bênção Para a Família em sua Casa’.

IGREJA SE POSICIONA SOBRE O PROGRAMA

Segundo a Universal, “o momento serviu de direcionamento espiritual tanto para aqueles estavam reunidos em família para a Ceia de Natal, como para os que estavam sem família, com a liberdade interrompida dentro dos presídios, em um leito de hospital ou em qualquer outro lugar, mas que desejavam estar na presença do Altíssimo e tornar aquela noite verdadeiramente feliz”

“O que nos faz felizes, especialmente nesta noite, é porque unidos com vocês que estão assistindo, especialmente, as pessoas que são rejeitadas, que foram excluídas da sociedade, essas pessoas que ninguém quer e estão jogadas dentro das prisões, são as pessoas que mais têm a atenção de Deus. Pois quando a pessoa está no fundo do poço, Deus tem uma especial atenção com ela”, disse o Bispo Macedo mo início do programa.

Publicidade

+ Acessadas da Semana