Conecte-se conosco

Brasil e Mundo

Caminhoneiros fazem manifestações e bloqueio de rodovias contra resultado da eleição

Publicado

em

Caminhoneiros paralisam trecho da Rodovia Presidente Dutra na manhã desta segunda (31) - Imagem/Divulgação

Ontem (30), após o resultado da eleição presidencial, que declarou o candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como vencedor, caminhoneiros em diversos pontos do país começaram a se manifestar contra o resultado do pleito.

As manifestações seguem na manhã desta segunda-feira (31) e concentram-se em pelo menos oito estados do país, apurou a Gazeta do Povo: Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás e Bahia.

O presidente do sindicato dos caminhoneiros da cidade de Ourinhos (SP), Júnior Almeida, confirmou as paralisações e afirmou:

“Há indício de fraude, o resultado é suspeito, mas não vou entrar no mérito porque acho que é um assunto nebuloso para caminhoneiro falar”, disse Júnior referindo-se ao resultado da eleição. “Mas a greve é geral, o país para de hoje [domingo] para amanhã [segunda-feira (31)]”.

Júnior Almeida ainda disse que o protesto não tem data para terminar: “se o Bolsonaro não me ligar, não acaba o movimento.”







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página