Conecte-se conosco

Gospel

Cantora gospel morre aos 20 anos após batalha contra a tuberculose

Publicado

em

Déborah Borges, jovem cantora gospel de 20 anos, morre após lutar durante quatro meses contra a tuberculose no Espírito Santo - Foto: Arquivo Pessoal

Uma notícia triste abala a comunidade gospel do Espírito Santo com a partida prematura de Déborah Borges Peixoto Carneiro, uma talentosa cantora de apenas 20 anos. Déborah, que também trabalhava com unhas, travou uma corajosa batalha contra a tuberculose nos últimos quatro meses, mas infelizmente faleceu no último domingo (10/03), deixando seu marido Gustavo Carneiro Silva Borges e uma filha de apenas 5 meses.

Gustavo, de 20 anos, relembra a força e a alegria de sua esposa, descrevendo-a como uma mulher de brilho contagiante que sempre compartilhava palavras de fé, mesmo nos momentos mais sombrios.

Ele afirma: “Ela tinha um brilho incrível, espalhava alegria por onde passava e que sempre falava de Jesus, inclusive nos seus últimos momentos! Se esforçou o máximo que pôde. Deixou um legado para mim, me ajudou a amadurecer.”

O casal, que se uniu em matrimônio em outubro de 2022, vivia em Cariacica, na Grande Vitória, e comemorou a chegada de sua filha, Jade Borges Carneiro, em março de 2023. Apesar da alegria do nascimento, Déborah enfrentou complicações de saúde logo após o parto, sendo diagnosticada com tuberculose.

A doença exigiu um tratamento árduo, com idas frequentes ao hospital e uma série de sintomas debilitantes. Gustavo recorda: “Desde que a Jade nasceu, a Déborah passou por esse processo de ir e voltar do hospital, então eu que cuidava da Jade. Antes de descobrir a doença, Déborah pesava 60 e poucos quilos. Nos últimos meses, estava pesando 36,37kg. Por ela não ter forças, quem cuidava da Jade era eu. Eu dava a fórmula, levava ao médico.”

Apesar dos esforços e do apoio da família, Déborah enfrentou uma série de complicações de saúde, incluindo dores no peito e falta de ar. Após uma internação no Hospital Santa Casa, em Vitória, os médicos identificaram uma trombose flutuante, agravando ainda mais seu estado de saúde.

Déborah foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após uma piora em seu quadro clínico e, lamentavelmente, teve uma parada cardíaca e faleceu na madrugada de domingo (10).

Gustavo ressalta a importância do acompanhamento médico rigoroso e da fé durante o tratamento da tuberculose, enfatizando: “Se eu pudesse dizer algo para alguém é para ter foco na medicação, fazer o acompanhamento médico certinho e, se necessário, até ir ao nutricionista para fazer suplementação, e se agarrar em Deus.”

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página