Conecte-se conosco

Gospel

Cantora Kemilly Santos diz que foi vítima de discriminação racial

Publicado

em

Cantora gospel Kemilly Santos - Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cantora gospel Kemilly Santos foi vítima de discriminação. Ela usou as suas redes sociais para revelar que sofreu discriminação racial em um famoso restaurante em Vitória, no Espírito Santo.

Segundo a artista gospel, ela havia chegado no aeroporto de Vitória após uma longa viagem vindo de Maceió (AL). Sem se alimentar, Kemilly resolveu passar no restaurante Coco Bambu, por volta de 18h30 desta quinta-feira (01/12).

Em seu relato, a cantora revelou que por diversas vezes chamou um garçom responsável por lhe atender, mas foi ignorada por ele. Ela conta que chamou outros garçons, inclusive, um deles estava até te olhando, mas também a ignorou.

“Me levantei pra ir até a atendente e quando disse “o atendimento de hoje está muito ruim”, a resposta foi um sorriso sínico e um ‘Boa noite’”, disse ela.

Segundo a cantora, sua denúncia “é pra que outros negros falem e não admitem ser tratados de forma indiferente e com certeza nem todo racismo a gente consegue filmar por exemplo esse de hoje mas A gente sente porque a gente não sofre essa indiferença agora a gente sofre desde que nasce preto e pobre. Minha extrema revolta e indignação!”.

Nesta sexta-feira (01/12), segundo a cantora, um dos diretores do restaurante ligou para ela se desculpando pelo episódio. Disse ainda que foi convidada para voltar ao local: “E como nós, ele também não sabe o motivo da indiferença a forma no qual fomos ignorados, mas se desculpou”, disse ela.

Publicidade

Leia na íntegra:

“Discriminação 🤮 ✊🏿 Leia até o final
Hoje eu senti o que é ser DISCRIMINADA num lugar ! Cheguei no aeroporto de vitória após uma longa viagem de MACEIÓ até o ES sem comer absolutamente nada pretendi passar no coco bambu e como lá é um dos meus restaurantes favoritos coco bambu em vitória foi a minha escolha de parar e jantar visto que era por volta de 18:30 !

Paramos e deixamos o rapaz estacionar entramos no estabelecimento nos colocaram num lugar e até aí tudo bem, o problema foi quando o garçom que ficou responsável por nos atender respondeu minha pergunta de quanto era o prato com “ Abre o QRcode que vc vai saber o preço” ( isso em tom anormal) totalmente desinteressado olhando aos lados em busca de atender outra mesa assim não nos deu “ boa noite “ nem fez questão de indicar entradas visivelmente incomodado.

Saiu e por diversas vezes o chamei e fui ignorada chamei outro garçom que estava olhando em minha direção e mais uma vez ignorada e atrás de mim mais de 5 garçons e fui ignorada . Me levantei pra ir até a atendendo e quando disse “ O atendimento de hoje está muito ruim “ a resposta foi um sorriso sínico e um “ Boa noite “ .

Publicidade

@cocobambuoficial essa minha postagem é pra que outros negros FALEM e não admitem ser tratados de forma indiferente e com certeza nem todo racismo a gente consegue filmar por exemplo esse de hoje mas A GENTE SABE A GENTE SENTE PORQUE A GENTE NÃO sofre essa indiferença agora a gente sofre desde que nasce PRETO e POBRE. Minha extrema revolta e indignação!

Pessoal , quero agradecer as mensagens de carinho e apoio, coisas assim acontecem o tempo todo e a gente nunca vai conseguir definir a motivação, a única coisa que nos resta é uma linha tênue e uma pergunta que só quem de alguma forma foi tratado direta ou indiretamente faz “ PORQUE está sendo assim ?É só comigo ? O que está acontecendo ? É isso que estou pensando ? “ .

Não é fácil dizer o motivo mas vi pessoas me verem me levantando da mesa me vendo erguer as mãos me vendo levantar o dedo pessoa me vendo sair da mesa E NINGUÉM perguntou ABSOLUTAMENTE NADA E A PESSOA RESPONSÁVEL POR minha mesa não olhar pra nós em nenhum momento ( continua a ler nos comentário)”

Publicidade

EU e o @oficialfelipepereira tentamos contato com eles e mesmo com o restaurante praticamente VAZIO nenhum deles foi a mesa PORQUE NEM NOS NOTARAM LÁ . Eu chamei insistentemente o garçom responsável , chamei outros que estavam em pé sem atender ninguém e nós VIMOS que estavam OLHANDO e não foram .

Eu já fui diversas vezes e o padrão não é aquele e nem em bar que marmita é 15 reais é assim. EU NÃO QUERIA EXCLUSIVIDADE eu chamei e não fui atendida LITERALMENTE e não tive nem ao menos um “ Já venho” “ já volto” “ só um segundo” O RAPAZ NÃO OLHOU PRA NÓS estava VISIVELMENTE INCOMODADO COM ALGO QUE EU NAO SEI O QUE FOI . Sério, então por favor não me diga que vi demais não me diga que não houve nada porque mesmo levantando e dizendo “ Nao fomos bem atendidos aqui hoje “ a resposta foi um “ TÁH BOA NOITE “ .

Eu não consigo achar qualquer outro motivo que não seja um tipo de discriminação pq eu vi pessoas entrando pessoas vendo recepcionadas até na porta até a mesa tendo seus atendimentos em continuidade, então não me venha com “ isso é do estado” porque eu moro a 27 anos aqui. Sabemos o tom de “ Abra o QRcode que vc vai saber “ até uma criança sabe quando está sendo tratada de forma diferente imagine um adulto .

Publicidade

É tudo muito complicado e se um dia você se vê nessa situação vai entender que a gente fica sem acreditar, sem tempo hábil de assimilar a gente sabe quando senta mais calmo que uma roupa mais de marca, uma cor de pele clara teria feito SIM a diferença!”.

Publicidade

+ Acessadas da Semana