Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Casal de pastores da AD morrem afogados após tentar salvar filho em praia

Publicado

em

A família é de Campina Grande e estava passando alguns dias em Lucena, na Paraíba - Foto: Reprodução/Instagram

Um casal de pastores morreu afogado após tentar salvar o filho que também se afogava. O incidente aconteceu nesta terça-feira (10/01), na praia de Camaçari, em Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, o filho de 13 anos de Inalda Ribeiro Sampaio, de 42 anos, e Felisberto Almeida Sampaio, 43, estava se afogando na praia, quando os pais entraram para tentar salvá-lo.

Neste momento, pescadores que estavam no local resgataram o adolescente, voltaram para tirar o casal do mar e conseguiram conduzi-los até a areia da praia.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e tentou reanimar os pastores. Houve tentativas de reanimação, no entanto, não tiveram sucesso e o casal teve morte confirmada no local. O adolescente não corre risco de morte.

Os corpos do casal foram encaminhados para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a família é de Campina Grande e estava passando alguns dias em Lucena.

A morte do casal de pastores foi lamentada pela Convenção Geral de Ministros das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus do Brasil:

Publicidade

“Na pessoa do seu Presidente, Pastor José Wellington Jr., manifesta profundo sentimento pelo falecimento do servo de Deus, Evangelista Felisberto de Almeida Sampaio e de sua esposa Inalda Ribeiro Cavalcante. Neste momento de dor e separação a Mesa Diretora da CGADB, se solidariza com familiares e amigos, pedindo ao Espírito Santo Deus, que o vos console, conforte e os fortaleça”, declarou a Convenção.

Felisberto era obreiro filiado a COMEAD-CGPB, foi dirigente na congregação da Quixaba por 12 anos, e atualmente, era Coordenador e Professor da EBD, tesoureiro e secretário da Igreja. Já Inalda era a segunda coordenadora do campo e regente do conjunto de irmãs.

O casal servia há cerca de 23 anos e eram queridos por toda a comunidade assembleiana. O sepultamento será realizado no distrito de Catolé de Boa Vista, em Campina Grande, na Paraíba.

Publicidade

+ Acessadas da Semana