Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Cássia Kis diz que “homem com homem não faz filho” e é atacada por militância: “Homofóbica”

Publicado

em

A atriz Cássia Kis foi duramente atacada nas redes sociais durante esta semana, após dizer, em uma entrevista à jornalista Leda Nagle, que “homem com homem não faz filho”.

“Não existe mais homem e mulher, mas mulher com mulher e homem com homem, e homem com homem não dá filho, nem mulher com mulher”, disparou a atriz da Rede Globo, que é católica fervorosa. “Como a gente vai fazer?”

Cássia Kis também criticou a chamada “ideologia de gênero”, tão defendida pela esquerda progressista e que despreza o aspecto biológico da natureza humana, abrindo a possibilidade de que as pessoas possam escolher os seus “gêneros” como bem entenderem.

“Eu recebo as imagens inacreditáveis de crianças de 6, 7 anos se beijando”, disse a atriz. E continuou: “duas meninas dentro de uma escola se beijando, onde há um espaço chamado beijódromo.”

Diversos internautas não perdoaram as falas de Cássia Kis e passaram a atacá-la nas redes sociais: “homofóbica”, “bêbada”, “drogada” e “vai pagar pelos comentários”.

A Rede Globo, que também defende todas as agendas progressistas, soltou uma nota em que afirmou o “compromisso com a diversidade e a inclusão e repudia qualquer forma de discriminação”.







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página