Conecte-se conosco

Polêmicas

Em áudio, padre confessa relacionamento com noivo de casamento que realizou

Na gravação, o rapaz confessa que os encontros entre ele e o padre aconteceram mais de 20 vezes

Publicado

em

Padre de Natal que ficou com homem casado tem áudio vazado na internet - Imagem/Divulgação

Nos últimos dias um áudio vazado na internet de um padre do Rio Grande do Norte admitindo ter tido relacionamento com um noivo que ele realizou o casamento, vem abalando a igreja no estado nordestino. O assunto foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter, além de ter sido notificado em dezenas de portais de notícias.

O relacionamento entre o pároco Júlio Cezar Souza Cavalcante e um fiel identificado como Breno aconteceu há cerca de 10 anos e o áudio foi gravado em 2019, tornando-se público na última semana.

Na gravação, o rapaz que frequentava a igreja Nossa Senhora da Candelária, também confessa que os encontros entre ele e o padre Júlio aconteceram mais de 20 vezes. Na mesma gravação, o padre define o caso dos dois como “uma fraqueza”.

Na época do acontecimento, o homem era noivo e o padre com o qual se envolveu celebrou o casamento dele com a esposa, identificada como Elídia, pouco tempo depois. Anos mais tarde, ela descobriu o caso e confrontou os dois, gravando o áudio no qual o padre confessa a relação.

“Foi uma fraqueza, nós nos confessamos e prometemos que não íamos ter mais (relação) em respeito a você”, disse o padre à mulher de Breno, que gravou a conversa. Ao ser questionado por ela se ele teria se relacionado apenas com o seu marido, Júlio César respondeu: “não é que foi só com o Breno, mas depois dele não foi com mais ninguém”.

No áudio, o padre Júlio Cezar confessa ter mantido relações sexuais com o marido dela “duas ou três vezes”. A afirmação foi negada pelo noivo, ao confirmar que já tinha trocado carícias com o pároco mais de 20 vezes. “Não era todas vezes que ele ia dormir lá que acontecia”, retrucou o padre.

O padre ainda disse que as relações aconteceram antes do casamento do casal e, após isso, ele teria se “confessado e se convertido”, em suas palavras.

“Eu precisei me confessar para continuar vivendo. Eu tenho o maior carinho por você”, diz o padre ao ser questionado o motivo pelo qual ainda teria celebrado o casamento do casal. Em seguida, pede para a mulher falar baixo sobre a situação. “O senhor me vem dizer que transou com meu então namorado, depois meu então noivo, e que me respeita, pelo amor de Deus”, rebateu a mulher.

Quase ao fim da gravação, a mulher diz que pretende procurar as autoridades da igreja para fazer uma denúncia. O padre, então, diz que não vê motivo para pedir a anulação do casamento e o seu afastamento.

Em nota, a Arquidiocese informou que o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, determinou o afastamento do padre para que sejam “apurados os fatos e tomadas as devidas providências”. Avisou também que só ficou ciente da situação após o vazamento do áudio.

SOBRE O PADRE

Segundo informações disponibilizadas pelo site da Igreja, o padre Júlio Cezar Souza Cavalcante tem 51 anos e está na instituição desde janeiro de 2010. Ele é natural de Natal e tem Mestrado em Direito Canônico na Pontifícia Universitas Lateranensis de Roma, na Itália.

O religioso começou a atuar na Igreja em 1999, como Vigário Paroquial de Nossa Senhora Aparecida em Neópolis. Além de pároco, ele também atua como professor do Seminário de São Pedro, Vigário Judicial da Arquidiocese e Presidente do Tribunal Eclesiástico do Rio Grande do Norte (Interdiocesano de Natal).













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página