Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Gilmar Mendes afirma existência de ‘Narcomilícia Evangélica’ no RJ

Publicado

em

Ministro Gilmar Mendes cita 'narcomilícia evangélica' no Rio sem provas - Foto: Marcelo Camargo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, causou polêmica ao mencionar durante uma entrevista à GloboNews a existência de uma “narcomilícia evangélica” atuando no Rio de Janeiro.

Durante uma reunião no STF, presidida por Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes relatou que foi discutido o tema, destacando a suposta sofisticação dessa ‘organização criminosa’, que envolveria narcotraficantes, milicianos e membros de uma rede evangélica.

“Recentemente, o ministro Luís Roberto Barroso presidiu uma reunião extremamente técnica sobre essa questão, e um dos oradores falou de algo que é raro de se ouvir: uma narcomilícia evangélica, que aparentemente se dá no Rio de Janeiro, onde, portanto, haveria hoje já um acordo entre narcotraficantes, milicianos e pertencentes ou integrados a uma rede evangélica. É algo muito sofisticado”, disse Gilmar.

No entanto, a declaração de Mendes gerou controvérsias, uma vez que ele expôs a religião de milhões de brasileiros sem apresentar qualquer prova concreta das acusações feitas.

Este episódio ocorre em meio a uma série de declarações polêmicas de membros do STF relacionadas à religião. Recentemente, Luís Roberto Barroso, presidente da Suprema Corte, propôs o combate ao que chamou de “uso abusivo” da religião na política durante uma palestra na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Barroso argumentou que a fé deve permanecer como uma questão privada, criticando a instrumentalização de líderes religiosos para ganhos políticos.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página