Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Grevistas voltam à TV Mundial após propostas de Valdemiro; saibam quais

Publicado

em

Apóstolo Valdemiro Santiago, dono da TV e líder da Igreja Mundial do Poder de Deus - Foto: Igreja Mundial

A partir do próximo sábado, dia 11 de fevereiro, os funcionários da TV Mundial retornarão para o trabalho, após um longo período de greve. O grupo de trabalhadores decidiu voltar, depois de uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho.

No entanto, os funcionários de Valdemiro Santiago, dono da TV e líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, manterão o estado de paralisação. A informação é do jornalista Ricardo Feltrin.

A condição para a suspensão (e não o fim) da greve é que, desta vez, a TV Mundial terá de cumprir cada promessa que fez em documento formal. Caso contrário eles vão parar novamente.

A data prevista para que a emissora comece a cumprir suas promessas é dia 10. Se isso ocorrer, no dia seguinte (11), eles retornam aos trabalhos.

As propostas aceitas na reunião foram seis, veja:
1) Pagamento da 2ª parcela do 13º salário em parcela única, até o dia 10 de fevereiro;
2) Pagamento do adiantamento salarial de janeiro no dia 15 de fevereiro; pagamento do salário de janeiro até o dia 10 de fevereiro de 2023;
3) Pagamento do vale-refeição, vencido dia 15 de janeiro, até 25 de fevereiro;

4) Pagamento do vale-refeição de fevereiro regularmente, em 15 de fevereiro;
5) Sem descontos pelos dias de greve;
6) Estabilidade de emprego de 90 dias.

Além disso, ficou firmado que a entidade de Valdemiro vai iniciar o recolhimento do FGTS a partir de abril de 2023, sem prejuízo do pagamento retroativo.

Em greve desde o último dia 12 de janeiro, os funcionários alegam que a emissora vem atrasando pagamentos de salários e benefícios há 3 anos. Também não depositou o FGTS, afirmam, e tampouco pagou o 13º salário.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página