Conecte-se conosco

Minas Gerais

Grupo de Congado denuncia intolerância religiosa em igreja de BH

Publicado

em

Integrantes do grupo tiveram que pagar para que padres pudessem celebrar missas; eles teriam sido impedidos também de realizar celebrações tradicionais - Foto: Reprodução

Um grupo de congado na região da Pampulha, em Belo Horizonte, afirmou ser alvo de intolerância religiosa em uma igreja católica. Os integrantes enfrentam dificuldades em participar de missas e até mesmo de realizar a tradicional celebração da Festa do Rosário.

Os membros do grupo também afirmaram que, se quisessem manter a tradição, deveriam pagar os padres ou encontrar outras paróquias.

O presidente e Capitão-Mor da Guarda de Congo Nossa Senhora do Rosário Urca Pampulha, Gleisson Rodrigues, disse que no dia da tradicional festa, celebrada sempre no terceiro domingo de novembro, a missa não foi celebrada por alguns impedimentos:

“O padre não quis celebrar. Ele disse que nunca vai celebrar uma missa de congado e que a gente teria que procurar algum que gosta.”

No dia 26 de novembro a recusa se repetiu:

“Nós paramos em frente ao altar, após a missa, e começamos a cantar uma música tradicional. A letra diz: O senhor padre, venha cá fora, venha ver os pretinhos de Nossa Senhora. E ele não veio”, afirmou Gleisson.

Publicidade

+ Acessadas da Semana