Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Igreja Metodista do Reino Unido adota inclusividade e orienta a não usar “marido e esposa”

Publicado

em

A Igreja Metodista do Reino Unido lançou recentemente um Guia da Linguagem Inclusiva, visando promover um ambiente “mais acolhedor e não excludente”. O documento aconselha a evitar termos de gênero, como “marido” e “esposa”, com o intuito de refletir a diversidade nas expressões da criação de Deus na vida humana.

Segundo o guia, a utilização das palavras “marido” e “esposa” pode ser considerada ofensiva, pois faz suposições sobre a vida familiar ou pessoal, que podem não ser a realidade para muitas pessoas. Em alternativa, sugere-se substituir “marido” por “parceiro”, reconhecendo a variedade de formas de relacionamento.

O documento enfatiza a importância de adotar uma linguagem que inclua a comunidade LGBT+, respeitando as escolhas individuais, inclusive no uso dos pronomes preferidos por cada pessoa.

“A utilização da linguagem que os indivíduos escolhem para si mesmos mostra nosso cuidado como Igreja e afirmação de todos como filhos de Deus”, destaca a orientação da Igreja Metodista.

Além da questão de gênero, o guia aborda outras recomendações. A palavra “idoso” é sugerida a ser evitada para prevenir “discriminação etária”, enquanto a palavra “raça” deve ser substituída por “etnia” para evitar linguagem que possa impactar negativamente os imigrantes.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página