Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Jovem tenta defender namorada de ataque em igreja e morre após ser esfaqueado no coração

O jovem teria defendido a namorada contra um homem, aparentemente drogado, que invadiu a igreja com duas facas

Publicado

em

Ricardo Santos Souza foi morto a facadas em igreja - Foto: Arquivo Pessoal

Um jovem de 19 anos morreu após ser esfaqueado ao defender a namorada de um ataque em uma festa em uma igreja. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (06/06), em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

Segundo relatos, o jovem, Ricardo Santos Souza, havia jogado uma cadeira contra um homem que invadiu a igreja com duas facas, aparentemente transtornado, e começou a ameaçar quem estava na igreja. Neste momento, o agressor esfaqueia Ricardo no peito.

Segundo a TV Gazeta, o jovem foi socorrido para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa de Misericórdia. “A namorada contou que o suspeito passou por eles e, em tom ameaçador, disse que queria brincar com eles. Eles saíram correndo, pedindo socorro, e Ricardo até jogou uma cadeira nele”, relatou o delegado.

“O jovem foi morto com uma facada no coração. Na delegacia, suspeito não quis declarar qual foi a motivação do crime. Ele também foi indiciado por um latrocínio no ano passado”, contou Fillipe Vivas, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim.

Segundo relatos de um familiar, o agressor, que tem 25 anos, apareceu no local aparentemente drogado e dizia que queria matar alguém. Neste momento, as pessoas ficaram desesperadas e fugiram. Ricardo e a namorada correram para dentro da igreja de Santo Antônio, onde aconteceu o crime segundos depois.

O agressor foi conduzido para a delegacia e depois encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro. Ele vai responder por por homicídio e tentativa de homicídio.

Segundo a família, o jovem estava servindo o Tiro de Guerra no Exército Brasileio, e queria seguir carreira militar. O crime chocou a cidade de pouco mais de 200 mil moradores.

Ricardo Santos Souza foi morto a facadas em igreja — Foto: Reprodução/TV Gazeta













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página