Conecte-se conosco

Música

Letra: ‘Jogada do Governo’ – MC Iguinho CT, MC Np e Brenninho VJ

Publicado

em

Sem livro sem ensinamento
vários cresce revoltado
Sem aval do Estado
pra poder ir trabalhar
Sem pensar na consequência, falta de inteligência
quer se jogar no crime pra sua vida melhorar

Essa é jogada do governo
Quebrada em desespero
Não aceita nós vencer só porque vem do gueto
Sou curto e verdadeiro
Só quero os meus direitos
Vai ter que aceitar a favela vencendo

Quem pode mais chora menos
Também te entendo essa revolta dentro do seu peito

De ver mais um preto vencendo
Com seu talento
Em cima do palco multiplicando dinheiro

Já vi pivete de 14 se jogar
Cheio de mágoa e rancor de ver sua mãe chorar
Opção era ir pra boca
Mais minha mente é outra
Usei a voz pra fazer o jogo virar

Mirando vitória, contraditória de quem veio la da lama
Hoje a lágrima rola
E o que conforta é saber que a coroa tá firmona

Tapa na cara de quem acha que a favela não pode
Favelado tem poder
Na vida mansa nois veio de deboche
Pra quem achou q eu não ia vencer

Tapa na cara pra quem acha que a favela não pode
Favelado tem poder
Na vida mansa nois veio de deboche
Pra quem achou q eu não ia vencer

Eu vim da onde a oportunidade é escassa
Quantas vezes a dor nos decidiu queima na brasa
Falta de atenção é clara mesmo nós não tendo nada
Habilitado pros problema e Deus no toque pra eu vencer
Se si vender fosse pra nós
Nós já tava rico
E na simplicidade vou saber chegar lá
Eu pude ver que a vida vale bem mais que um esportivo
Será que vale a insolência pra poder se levantar ?
Prometi que não vou mais passar vontade
Sei que no cair dos fraude vou prevalecer
Meu critério joguei na ponta do lápis
Deixa que minha história eu mesmo vou escrever

E hoje eu olho pra quebrada
Ainda vejo a esperança vindo ao sol nascer
E o sonho da mulecada
Vai deixar de sair do papel pra acontecer
2x

Essa é jogada do governo
Quebrada em desespero
Não aceita nós vencer só pq vem do gueto

Sou curto e verdadeiro
Só quero meus direitos
Vai ter que aceitar a favela vencendo

Quem pode mais chora menos
Também te entendo
Essa revolta dentro do seu peito

De ver mais um preto vencendo
Com seu talento
Em cima do palco multiplicando dinheiro

Tapa na cara pra quem acha q a favela não pode
Favelado tem poder

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página