Conecte-se conosco

Política

Lula chora ao ser diplomado pelo TSE e diz que Deus existe

Publicado

em

Lula recebe o diploma de presidente eleito das mãos do presidente do TSE, Alexandre de Moraes - Foto: Reprodução

O presidente e o vice-presidente eleitos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) foram diplomados nesta segunda-feira (12/12), em uma cerimônia no plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A diplomação oficializa o resultado das urnas e o fim do processo eleitoral. Além disso, os diplomas habilitam o presidente e o vice eleitos a tomarem posse no dia 1º de janeiro de 2023.

Em seu discurso, Lula foi às lágrimas e agradeceu a terceira oportunidade de presidir o país e lembrou do tempo em que esteve preso. Ele afirmou que o seu retorno ao poder é uma conquista da democracia brasileira depois de quatro anos do governo Bolsonaro.

No início do seu discurso, Lula chorou ao receber o diploma e disse que “Estar aqui é a certeza que Deus existe”. “Esse diploma que recebi não é um diploma de Lula presidente. É um diploma de uma parcela significativa do povo que reconquistou o direito de viver em democracia nesse país. Vocês ganharam esse diploma”, disse Lula.

“Quem passa pelo que eu passei, estar aqui agora é a certeza de Deus existe. Eu sei o quanto custou ao povo brasileiro essa espera para reconquistar a democracia no país. Faria todos os esforços de assumir não só a campanha, mas ao longe toda vida”, completou.

Assista:

Publicidade

+ Acessadas da Semana