Conecte-se conosco

Política

Lula resiste a ato com evangélicos: “O nosso Deus não é o mesmo do Malafaia”

Publicado

em

Lula e Silas Malafaia - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na primeira reunião ministerial do ano convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizada nesta segunda-feira (18/03), houve uma série de cobranças e discussões sobre ações do governo e estratégias de comunicação.

O presidente Lula expressou preocupação com a falta de eficácia na comunicação das ações governamentais junto à população. Ele instou os ministros a falarem sobre todos os assuntos do governo, não se limitando às suas respectivas pastas, e a se atualizarem sobre as pautas e ações em andamento. Uma fonte presente na reunião destacou que “o presidente deixou claro que a visão precisa ser de governo como um todo, para que a população possa ter a imagem e a ideia dos feitos do governo”.

Lula também exigiu que os ministros apresentassem um relatório detalhado em 48 horas, abordando todas as medidas anunciadas por suas pastas. Além disso, destacou a importância da defesa unificada do governo.

Um dos temas recorrentes foi a igualdade salarial entre homens e mulheres, que o governo pretende destacar como uma prioridade para além das questões de costumes e do aborto.

Sobre a relação com líderes evangélicos, Lula enfatizou a necessidade de combater as fake news que afetam esse segmento da população. Em um momento da reunião, ele fez uma observação sobre as diferenças religiosas, dizendo: “o Deus do Malafaia não é o mesmo que o nosso, mas eu sei que o Deus do evangélico é”.

Quanto à popularidade do presidente, o ministro da Comunicação Social, Paulo Pimenta, apresentou dados que indicam uma queda de popularidade de Lula no Nordeste, destacando uma expectativa não atendida por parte dos eleitores dessa região.

Sobre as eleições municipais, Lula afirmou que não irá impor candidaturas, mas pediu moderação aos candidatos governistas ao se referirem aos adversários, visando evitar conflitos com o Congresso Nacional.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página