Conecte-se conosco

Brasil e Mundo

Médica é encontrada morta enterrada no quintal de casa no RJ

Publicado

em

O corpo da médica Glaubenia Serpa Costa, 53 anos, estava enterrado no quintal da casa dela em Rio das Ostras, no RJ - Foto: Repodução redes sociais - foto à esquerda) e Andreia Freitas/g1 (foto à direita)

O corpo da médica Glaubênia Serpa Costa, de 53 anos, foi descoberto enterrado no quintal de sua residência, localizada em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O suspeito do crime, um funcionário que trabalhava para a vítima, confessou o assassinato e foi detido em flagrante por ocultação de cadáver.

Emanuel Pereira, funcionário da vítima, relatou à polícia que o crime ocorreu após uma discussão, na qual Glaubênia o acusou de roubo e ameaçou denunciá-lo às autoridades. Após admitir o assassinato, o suspeito indicou aos policiais o local onde havia enterrado o corpo da médica, além de mostrar a arma utilizada, uma faca.

As investigações da Polícia Civil iniciaram em janeiro deste ano, quando a vítima foi reportada como desaparecida. Durante as apurações, os agentes descobriram que o suspeito se passou pelo irmão de Glaubênia, informando a amigos dela que a médica estava deprimida e havia viajado para Gramado, na Serra Gaúcha.

Glaubênia, natural do Ceará e sem parentes na região, vivia sozinha e era uma pessoa reservada, o que facilitou a ação do criminoso. Segundo as investigações, o assassinato ocorreu em julho do ano passado, embora o suspeito tenha continuado a fazer publicações nas redes sociais da vítima e movimentar suas contas bancárias para evitar suspeitas.

Emanuel também transferiu o carro da médica para seu nome e foi encontrado na posse dele diversos pertences da vítima, como bicicleta, geladeira, documentos pessoais, telefone celular e cartões bancários.

Durante seu depoimento, Emanuel admitiu ter matado Glaubênia por sufocamento e posteriormente esfaqueado a vítima. O delegado Ronaldo Andrade Cavalcante, titular da delegacia de Rio das Ostras (128ª DP), solicitou à Justiça a prisão temporária do suspeito por homicídio qualificado, e ele já foi encaminhado ao sistema prisional.

O inquérito ainda está em andamento, com a previsão de novos depoimentos, incluindo o da esposa de Emanuel

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página