Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Militares do Exército e da Marinha são mortos no Rio

Publicado

em

Júlio César Mikaloski, sargento do Exército Brasileiro, e Sidney Lins dos Santos Junior, militar da Marinha, foram torturados e queimados vivos - Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Um sargento do Exército e outro da Marinha foram torturados, mortos e tiveram os corpos carbonizados, na madrugada do último sábado (03/12), em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do RJ.

Segundo a Polícia Militar, a PM recebeu um chamado de que havia um carro incendiado na Estrada da Caveira, na Região dos Lagos. No local, foi encontrado um veículo abandonado com dois corpos carbonizados na área de mata.

Segundo o G1, os militares assistiram ao jogo do Brasil na Copa do Mundo, contra Camarões, na última sexta. Após assistir ao jogo, os militares teriam ficado muito embriagados e foram a uma casa de prostituição no bairro Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia.

Ainda de acordo com a polícia, as vítimas foram torturadas e queimadas vivas por bandidos ao errarem o caminho.

Uma das vítimas é o sargento do Exército Julio Cesar Mikaloski, morador de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele deixou dois filhos menores, de 3 e 10 anos.

Segundo informações das famílias, o militar e o amigo teriam ido passar o fim de semana na Região dos Lagos, quando erraram o caminho e foram abordados por criminosos que controlam a região. Eles foram mortos e os corpos carbonizados dentro de um carro, provavelmente de uma das vítimas.

Publicidade

Até o momento, ninguém foi preso. O caso está sendo investigado pela 125ª DP (São Pedro da Aldeia).

Em nota, a Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Leste (CML) informa que “o caso encontra-se a cargo dos órgãos de segurança pública, não cabendo ao CML comentar investigações em andamento”. Neste momento de consternação, o Comando está prestando todo o apoio e solidariza-se com os familiares e amigos.

Corpos de dois militares da Marinha e do Exército foram encontrados carbonizados, dentro de um carro abandonado, em uma zona de mata na Estrada da Caveira, em São Pedro da Aldeia Fotos R. Lagos

Publicidade

+ Acessadas da Semana