Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Morre aos 53 anos Guilherme de Pádua, ex-ator e pastor da Lagoinha

Publicado

em

Pastor Guilherme de Pádua - Foto: Reprodução

Morreu na noite deste domingo (06/11), aos 53 anos, o ex-ator e atual pastor da Igreja Batista da Lagoinha, Guilherme de Pádua. Segundo o pastor Márcio Valadão, Guilherme morreu vítima de um infarto, em Belo Horizonte.

“É um moço que a sociedade não compreende, porque ele praticou aquele crime tão terrível da Daniella Perez, foi preso, cumpriu a pena e se converteu. Era uma lagarta e virou borboleta. Dentro de casa, caiu e morreu. Morreu agorinha. Acabou de morrer”, disse Valadão em uma live.

Segundo o presidente da Lagoinha, Pádua sofreu um infarto pouco antes das 22h.

“Recebi o telefonema de uma irmã falando de um dos nossos pastores que acabou de falecer. Aquilo para mim foi um impacto muito grande, pois hoje, às 10h, eu estava dirigindo o culto, e ele estava no primeiro banco com a esposa, servindo ao Senhor, cantando, orando, louvando (…)”, disse.

Guilherme de Pádua interpretou o motorista Bira na novela De Corpo e Alma, da TV Globo, em 1992. Seu personagem fazia par romântico com Yasmin, vivida pela atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez. No decorrer das gravações, Pádua assassinou Daniella com a ajuda da ex-mulher, Paula Nogueira Thomaz.

Pádua voltou aos holofotes este ano, quando a HBO Max lançou um documentário sobre o caso. Na época, Pádua fez um vídeo se defendendo dos ataques:

“Minha reação natural é de me defender, qualquer um tem direito de resposta no mundo natural, mas eu não vivo mais no mundo natural. Todos os dias quando eu acordo eu me lembro que sou o Guilherme de Pádua, que tenho essa carga nas minhas costas, e toda manhã é uma luta”, disse em vídeo publicado na ocasião.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página