Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Padre é encontrado morto com sinais de violência dentro de paróquia em Curitiba

Publicado

em

Padre Marcos Leite Azevedo - Foto: Reprodução/Instagram

Um padre, de 59 anos, foi encontrado morto nesta terça-feira (02/08), dentro da Paróquia Senhor Bom Jesus do Cabral, em Curitiba (PR). O corpo do religioso foi encontrado por funcionários no local sagrado com sinais de violência.

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios (DHPP), se dirigiu à igreja. Uma equipe de Criminalística, responsável por apurar mortes violentas, também foi chamada.

Marcos Leite Azevedo era pároco da Igreja há aproximadamente seis meses e fazia parte da Congregação Passionista. A causa da morte de Padre Marcos não foi divulgada oficialmente. O corpo de Azevedo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). A polícia investiga a morte.

Leite Azevedo está sendo velado nesta quarta-feira (03/08), na Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Após às 19h o corpo seguirá para a cidade de Carmo do Rio Claro (MG), onde será sepultado junto aos seus familiares.

O padre nasceu em 21 de setembro de 1963 em Carmo do Rio Claro. Ele ensinou a regra dos Passionistas em 21 de janeiro de 1989 e foi ordenado sacerdote em 16 de janeiro de 1994.

A morte do padre comoveu fiéis em Curitiba e região. Em nota, a Arquidiocese de Curitiba lamentou o falecimento do padre, sendo encontrado morto nas dependências da Igreja onde atuava. Leia na íntegra:

“Com muito pesar, informamos o falecimento do padre Marcos Leite Azevedo, CP. Ele foi encontrado morto nas dependências da Igreja Bom Jesus do Cabral, onde atuava como pároco desde fevereiro de 2022.

Até o presente momento, não temos informações sobre o ocorrido e as autoridades competentes estão cuidando das investigações.

Em breve, informaremos sobre o velório e o sepultamento.

A Arquidiocese de Curitiba lamenta o ocorrido e pede orações pela alma do padre Marcos Azevedo e pela congregação passionista”.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página