Conecte-se conosco

Política

Padre Kelmon se declara pré-candidato à Prefeitura de São Paulo

Publicado

em

Padre Kelmon no debate presidencial da TV Globo, em 2022 - Foto: Marcos Serra Lima/g1

O Padre Kelmon Luís Souza, ex-representante da Igreja Ortodoxa do Peru no Brasil, anunciou sua pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo em 2024. Em entrevista à GloboNews, Kelmon revelou que está viabilizando a candidatura pelo antigo PTB, agora chamado de Partido Renovação Democrática (PRD), após fusão com o Patriotas, autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Kelmon, conhecido por suas intervenções nos confrontos presidenciais e por atacar adversários de Jair Bolsonaro, afirmou que o pastor evangélico Manoel Lopes Ferreira Junior é o mais cotado para ser seu vice na chapa.

Na última eleição, o autointitulado padre tornou-se candidato à presidência da República após a impugnação do ex-deputado Roberto Jefferson. Durante os debates, a senadora Soraya Thronicke o chamou de “padre de festa junina”, em referência às suas aparições utilizando vestes sacerdotais.

Kelmon foi desligado da Igreja Ortodoxa do Peru em 2022, conforme comunicado oficial divulgado nas redes sociais pela instituição. A nota, assinada pelo arcebispo metropolitano no Peru e pelo Mons. Miguel Phellype Thiago Martins, informou o cancelamento da Provisão 0025/21 conferida ao padre, resultando em sua proibição de ministrar sacramentos em nome da Igreja Ortodoxa do Peru-Tradição canônica Síro Ortodoxa Malankara Indiana.

O padre, em comunicado próprio nas redes sociais, anunciou sua “excardinação”, ato de liberação de padres ou diáconos. Kelmon relatou ter pedido a “incardinação” na Igreja Ortodoxa Grega da América e Exterior, sendo aprovado pelo Santo Sínodo. O comunicado também revela que Kelmon foi eleito bispo para missões no Brasil.

Padre Kelmon, natural de Acajutiba, cidade próxima a Salvador, tem 46 anos. Sua ordenação não foi reconhecida pela representação eclesial no Brasil. Na última eleição, ficou em sétimo lugar com 81.129 votos, após a impugnação da candidatura de Roberto Jefferson. Sua participação foi marcada pelo uso de vestes sacerdotais em materiais de campanha e debates.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página