Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Pai de Luciana Gimenez deixa herança para desconhecida, e apresentadora chora

João Alberto Morad deixou herança de R$ 2 milhões para uma mulher desconhecida de São Paulo

Publicado

em

Pai de Luciana Gimenez deixa R$ 2 milhões em herança para desconhecida - Foto: Reprodução/Instagram

Segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles, o pai de Luciana Gimenez, o empresário João Alberto Morad, que morreu em 2020, aos 85 anos, deixou herança de R$ 2 milhões para uma mulher desconhecida.

A mulher é uma comerciante de São Paulo que foi identificada como Carla Leoniuk. Segundo informações, a comerciante ganhou o direito a uma apólice de R$ 2.051.149,27.

Os familiares, no entanto, não sabem se ela tinha algum tipo de relacionamento com o empresário.

Para a apresentadora, restou “apenas”: a quantia de 73 mil reais, além de um título social no Esporte Clube Pinheiros, uma Pajero de 2009 no valor de 35 mil reais, 50% da empresa agropecuária Tapajós e uma outra conta com 326 mil reais.

Gimenez foi ao seu Instagram, na madrugada desta quinta-feira (09/06), desabafar após a divulgação desta notícia. Em uma série de vídeos nos stories, Luciana chegou a chorar ao falar do assunto sobre o pai. “Queria entender o que a morte do meu pai tem de importante pra mídia. Alguns jornalistas usam desgraça alheia para dar ibope. O que a morte do meu pai importa pras pessoas?”, disse a apresentadora.

“Não tem um tipo de respeito, de ligar pra perguntar, pra falar nada. Queria saber, sr Leo Dias, o que tem a ver a morte do meu pai pra você? Você tem pai? Você se importa com a vida dos outros?”, desabafou ela.

“Queria saber se você está feliz em falar da minha vida privada, da morte do meu pai. Está feliz em falar da morte do meu pai em público? Vocês acham que só porque a pessoa é famosa ela perde total o direito a qualquer tipo de dignidade e privacidade? Pra quem não sabe: meu pai tinha um dinheiro de inventário e as pessoas deixam o dinheiro pra quem elas quiserem! E isso não é da conta de nenhum jornalista falar da morte do meu pai!”, completou Luciana.

“Só porque eu sou famosa, não quer dizer que eu não tenha sentimento, não, não quer dizer que eu não sinta. Quem está me ouvindo também tem pai, mãe, e todo mundo sabe que é um momento tão dolorido que a gente não quer dividir com ninguém, não quer ficar reabrindo esse tipo de ferida.”

“É o cúmulo, é o final! Essa foi muito baixa. É muito baixo você mexer na vida do pai que morreu, da mãe que morreu. Pelo amor de Deus, vai! Eu não preciso de dinheiro de ninguém, porque eu trabalho honestamente para ganhar o meu. E meu pai tem direito de fazer o que ele quiser. E o que ele fez é a mim que pertence, aos meus advogados o que ele fez não tem nada a ver com você. Nunca ganhei dinheiro de ninguém. Guardei uma coisa do meu pai: amor, respeito, educação”, finalizou Luciana.

Depois da publicação dos vídeos, Leo Dias divulgou uma carta aberta a Luciana Gimenez: Leia abaixo:













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página