Conecte-se conosco

Gospel

Pastor que chamou fiéis de “lixos” renuncia à presidência da Assembleia de Deus

A renúncia foi confirmada pela igreja nesta quarta-feira (25/05)

Publicado

em

Pastor Daniel Nunes - Foto: Reprodução

O pastor Daniel Nunes da Silva renunciou ao cargo de presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (PB). A informação foi confirmada pela igreja nesta quarta-feira (25/05). Daniel se envolveu em uma recente polêmica após chamar fiéis de “lixos” e “trastes” durante um culto.

Em nota, a sede da AD em Campina Grande, no interior de Pernambuco, informou que a decisão de Daniel Nunes de renunciar à presidência da CGPB (Convenção de Ministros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande e no estado da Paraíba) foi de cunho pessoal.

“Comunicamos nesta data que, em reunião da Diretoria da Igreja e Mesa Diretora da COMEAD-CGPB, o Pastor Daniel Nunes da Silva, em ecisão de cunho pessoal e em caráter irrevogável, renunciou ao cargo de Pastor Presidente da IEAD-CGPB e COMEAD-CGPB”, disse a instituição religiosa, em nota.

A carta assinada pelo presidente em exercício, pastor Dari Ferreira da Silva, diz ainda que, na próxima segunda-feira (30/05), haverá um culto de despedida do pastor Daniel Nunes no templo Sede da AD em Campinas Grande, às 19:00h.

POLÊMICA

O pastor proferiu, durante um culto da 63º Escola Bíblica de Obreiros (EBO) da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima (IEADALPE), palavras contra as novas Assembleias de Deus que permitem ‘tudo’. Na ocasião, criticou os fiéis que saem das AD para ir para as novas igrejas abandonando os usos e costumes da denominação.

“Nesses dias, lá em Campina Grande, chegou dessas igrejas Assembleias de Deus, que está por aí e que aceita tudo e corre para lá um monte de crente. Mulher que quer usar brinco, quer usar calça arrochada, homem que quer usar cabelo grande, que quer usar maquiagem, homem que quer usar brinco, corre tudo para lá”, disse o religioso.

“E eu estava dizendo para os pastores, essas igrejas são uma benção porque a gente vem e faz a limpeza nesses trastes e que está dando trabalho para gente e fica o que quer ser santo. Leva esses lixos para lá e deixa o que quer ser santo na palavra. Glória a Deus”, completou pastor.

Após sua fala, Daniel Nunes publicou um vídeo para se retratar e pediu perdão. Além disso, afirmou que errou ao emitir as declarações polêmicas que vem viralizando desde o dia em que ele pregou na EBO.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página