Conecte-se conosco

Brasil e Mundo

Prefeito de Sorocaba é alvo de ação para retirar Bíblias da Prefeitura

Publicado

em

Rodrigo Manga enfrenta uma Ação Direta de Inconstitucionalidade para retirar Bíblias da Prefeitura e bibliotecas - Foto: Reprodução

O prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, enfrenta uma Ação Direta de Inconstitucionalidade que solicita a retirada dos exemplares da Bíblia Sagrada da Prefeitura e das bibliotecas municipais. Em uma declaração pelas redes sociais, o político evangélico assegurou que manterá o Livro Sagrado disponível em seu gabinete e nas bibliotecas.

Manga expôs o conteúdo da ação, sem revelar o nome do autor, mas indicou que se trata de um candidato a deputado federal vinculado a um partido de oposição ao seu governo. Em tom firme, o prefeito destacou que o autor da ação não é natural de Sorocaba e fez críticas à iniciativa.

“O cara nem de Sorocaba é. Vai procurar o que fazer, rapaz. Vai atormentar em outro lugar. Não vou tirar nem da biblioteca, nem do meu gabinete. Nós vamos entrar com a defesa e vai continuar tendo Bíblia aqui”, afirmou Manga.

A ação judicial gerou debates na cidade, com apoiadores do prefeito defendendo a presença da Bíblia como parte da cultura e identidade local. Enquanto isso, críticos argumentam que a Constituição estabelece a laicidade do Estado, sugerindo que a presença de textos religiosos em instituições públicas viola esse princípio.

A defesa de Rodrigo Manga promete entrar com os recursos necessários para contestar a ação e assegurar a permanência das Bíblias, reforçando o compromisso de manter o Livro Sagrado acessível tanto em seu gabinete quanto nas bibliotecas municipais.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página