Conecte-se conosco

Brasil e Mundo

Profecia da Missionária Cristina Maranhão de 2020 viraliza em meio à crise em Maceió

Publicado

em

Cristina Maranhão - Foto: Reprodução

Nos últimos dias, um vídeo da pregação da Missionária Cristina Maranhão, realizado em 31 de dezembro de 2020, na Catedral de Perus, em São Paulo, tem circulado intensamente nas redes sociais. O conteúdo da pregação, que menciona eventos catastróficos e a redução de um estado brasileiro a nada, vem gerando debate e especulações sobre uma possível relação com a atual crise em Maceió.

Na pregação, a missionária declara: “Eu estou no controle. Vem vindo algo terrível, terrível, a Terra vai gemer. Um estado do Brasil vai ser reduzido a nada. Eu vou afundar, eu vou abrir um buraco, eu vou fazer, vai sumir gente. Vai sumir automóvel. Vai sumir. Porque o tempo da minha ira. É o ano da justiça. O ano da minha justiça. O ano do meu juízo. Assim diz o Senhor.”

O contexto da profecia ganha relevância diante da atual situação em Maceió, onde a Defesa Civil permanece em “alerta máximo” devido ao risco de colapso de uma mina explorada pela Braskem. Mais de 14 mil imóveis foram desocupados, e a população vive sob a ameaça de um possível desabamento.

A relação entre a profecia e os eventos em Maceió é motivo de intenso debate nas redes sociais, com muitos questionando se a missionária teria previsto os acontecimentos na região. É importante ressaltar que interpretações de profecias são subjetivas, e diferentes perspectivas podem influenciar as conclusões tiradas.

Até o momento, a Missionária Cristina Maranhão não se pronunciou publicamente sobre a possível conexão entre sua profecia e os eventos em Maceió. Enquanto alguns veem uma correlação direta, outros enfatizam a natureza simbólica de tais mensagens proféticas. Assista:

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página