Conecte-se conosco

Mundo Cristão

PT vai lançar podcast e programa de entrevistas gospel para evangélicos

Publicado

em

Ex-presidente Lula, do Partido dos Trabalhadores - Foto: Reprodução/Facebook

O Partido dos Trabalhadores (PT), o principal partido de esquerda do Brasil, anunciou que vai lançar um podcast e um programa de entrevistas destinado aos evangélicos. O lançamento dos dois programas vai acontecer em março deste ano, e a novidade surpreendeu o público.

O podcast e o programa de entrevistas são uma tentativa do PT para atrair o público que representa 30% do eleitorado, e assim, conseguir votos preciosos para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do partido à disputa das eleições deste ano.

Segundo interlocutores do partido, a estratégia vem sendo construída para atrair fiéis mais jovens e a base das igrejas. Com isso, Lula fisgaria votos do presidente Jair Bolsonaro, principal candidato do público evangélico e católico.

O pastor Paulo Marcelo será um dos principais debatedores nos primeiros episódios. Os programas irão ao ar pela TVPT, canal do Partido dos Trabalhadores no YouTube e nas redes sociais. Paulo Marcelo decidiu apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da república em dezembro de 2021. Naquela época, Paulo se reuniu com Lula por cerca de duas horas para sacramentar o apoio ao pré-candidato do PT. Além disso, fechou as últimas informações para o lançamento do podcast e do programa evangélico.

A ideia é que Paulo aproveite sua experiência de pregador e faça reuniões com evangélicos pentecostais de igrejas menores, muitas delas localizadas nas periferias das cidades.

“A igreja tem que ser o termômetro, trazer a paz e não colaborar com esse clima de ódio. Queremos quebrar preconceitos e barreiras para que os evangélicos comecem a olhar com outros olhos para a esquerda, e vice-versa”, disse Paulo Marcelo ao Estadão.

Pastor Paulo Marcelo – Foto: Reprodução

Os programas serão quinzenais e contarão com produção do empresário Silas Bitencourt, idealizador do reality show Culto da Resistência, promovido em setembro de 2021, em Sorocaba, interior de São Paulo. A atração de apenas um dia teve entre os brothers a apresentadora Mara Maravilha, e o ex-jogador do Palmeiras, Wendel. “Vou conduzir os artistas do meios gospel para o podcast dos canais e mídias do PT”, afirmou ele.

Ex-pregador do Congresso Gideões Missionários da Última Hora, Paulo Marcelo, está em rota de colisão com o pastor da ADVC, Silas Malafaia. Silas inclusive é um dos principais líderes evangélicos do Brasil, além de apoiador de Bolsonaro.

Segundo o Estadão, os organizadores do podcast do PT dizem que temas polêmicos como aborto e união civil entre pessoas do mesmo sexo também serão abordados nas entrevistas com os convidados.

“Embora a preocupação dos cristãos seja com comida no prato, emprego e renda, e não com essas pautas de costumes, não fugiremos de nenhum assunto. A estratégia é dialogar com o povo evangélico que, não necessariamente se orienta pela culpa das igrejas. Queremos reconquistar o eleitor que já foi nosso e por alguma razão se afastou”, afirmou o secretário de comunicação do PT, Gilmar Tato.

Segundo a reportagem, o sociólogo Sérgio Ribeiro, ex-prefeito de Carapicuíba (SP), será o âncora dos primeiros programas. “Vamos falar com os fiéis da igreja e tentar combater preconceitos de lado a lado”, disse ele.

Ele será parceiro de Paulo Marcelo nos programas.

“Há coisas que não entendo. No site da Universal, por exemplo, há um artigo dizendo que é impossível ser cristão e ser de esquerda, mas quando Edir Macedo apoiava Lula, e Marcelo Crivella era Ministro da Pesca, o cristão podia ser de esquerda ou eles não eram cristão”, disse Paulo.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página