Conecte-se conosco

Música Gospel

Revelada no Raul Gil, Jamily deixa carreira gospel: “A arte precisa voar”

Revelada no Programa Raul Gil, em 2001, aos 9 anos de idade, a cantora anunciou fim da carreira gospel após 20 anos

Publicado

em

Jamily foi revelada no Programa Raul Gil, em 2001, aos 9 anos de idade - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Revelada no Programa Raul Gil, em 2001, aos 9 anos de idade, a cantora Jamily Oliveira Sampaio revelou que está deixando o mercado gospel, após 20 anos cantando músicas cristãs. Hoje, com 30 anos, a artista decidiu seguir carreira no meio secular.

Jamily já possui mais de duas décadas de carreira gospel, com vários DVDs e CDs gravados, e dezenas de singles evangélicos lançados. Por meio de um pronunciamento em seu canal no YouTube, revelou que deixa o gospel para “novas oportunidades” e que “um novo ciclo” se inicia, agora, na música secular.

Jamily destacou, ainda, que sempre cantou músicas com diversas temáticas, e que para ela não havia nenhuma diferença. Além disso, revelou que já está gravando um novo EP com músicas românticas, e que Deus lhe deu um grande talento, e que a “arte tem que voar”.

“A arte precisa voar”, disse ela. “Não me xingam. Não briguem comigo. Eu só espalho amor para vocês. Eu desejo o bem para cada um de vocês. E quero receber o mesmo de vocês. E vamos juntos nesta mesma etapa, neste mesmo ciclo. E vamos dar boas-vindas a este novo tempo na minha vida, na sua vida”, disse ela, que completou 30 anos no último domingo (03/07).

Jamily foi revelada no Programa Raul Gil em 2001, e conquistou seu primeiro disco de ouro com apenas 10 anos de idade, com mais de 100 mil cópias vendidas, na época. Esse álbum também lhe rendeu o “Troféu Talento 2003” nas categorias “Cantora Revelação”, “Música do Ano” , “Melhor Versão” e “Melhor Dueto”, pela faixa “Tempo de vencer”.

O CD “Conquistando o Impossível”, seu 3° CD, lhe rendeu seu primeiro disco de platina. A canção título deste álbum, popularmente conhecida como “Campeão”, foi regravada por Luan Santana, entre outros artistas, e é constantemente utilizada em times de futebol e lutadores de MMA, em suas lutas.

Jamily segue o mesmo caminho de Priscilla Alcantara, Jotta A e João Figueiredo, que abandonaram a música gospel para seguir carreira na música secular, e assim, conquistar mais adeptos pelo país.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página