Conecte-se conosco

Gospel

Valadão rebate acusações e faz pedido à críticos: ‘Venham me conhecer’

O pastor da Igreja Batista da Lagoinha Niterói disse que ele não é o que os jornais ou as mídias estão falando a seu respeito

Publicado

em

Pastor Felippe Valadão - Foto: Reprodução/Facebook

Após ser acusado de intolerância religiosa, depois de discursar contra as oferendas supostamente feitas por fiéis da umbanda antes de um show gospel na última quinta-feira (19/05), em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Felippe Valadão falou sobre o caso e se defendeu.

Ele, que é pastor da Igreja Batista da Lagoinha em Niterói, usou as redes sociais para dizer que ele não é o que os jornais ou as mídias estão falando a seu respeito.

Valadão aproveitou para convidar as pessoas que têm acessado as suas redes sociais, inclusive o Instagram, para criticá-lo a irem até a sua igreja e o conhecerem “de coração aberto”.

“Você que acha que eu sou isso aí que o jornal fala ou as mídias estão falando né, normal, o papel deles [da mídia] é esse mesmo, eles têm que vender matéria, eles têm que gerar engajamento, é isso aí, eles estão no papel deles. Então, você quer saber quem sou eu? Quer saber o que as pessoas que me seguem pensam a meu respeito? Vem na Lagoinha Niterói”, disse ele.

Desde que tem sido acusado de intolerância, Felippe Valadão, que é cunhado do pastor André Valadão e genro do pastor Márcio Valadão, ambos da Lagoinha, tem recebido diversas mensagens de apoio, principalmente de outros líderes religiosos e denominações.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página