Conecte-se conosco

Gospel

A indireta de Priscilla Alcantara para evangélicos diretamente do altar da igreja

Publicado

em

Priscilla na IBAB - Foto: Reprodução/YouTube

Ainda repercute no meio gospel a aparição da ex-cantora gospel Priscilla Alcantara em uma igreja evangélica de São Paulo. Em uma hora e meia de show, a cantora pop apresentou músicas cristãs e seculares.

Mas, o que mais chamou a atenção – passando despercebido pela maioria dos evangélicos -, é que a artista fez algo pra lá de polêmica.

No altar da Igreja Batista de Água Branca (IBAB), que é liderada pelo pastor Ed René Kivitz, que já defendeu a necessidade de atualizar a Bíblia para que gays deixem de ser condenados ao inferno, além de cantar músicas seculares, Priscilla Alcantara aproveitou o espaço para colocar a voz de um drag queen para tocar.

Priscilla Alcantara colocou a música “Sobrevivi” do drag queen Daniel Garcia Felicione Napoleão, conhecido como Gloria Groove, que teve sua participação, para tocar dentro da igreja evangélica, enquanto pedia para os fiéis acompanharem a transmissão ao vivo.

“Sobrevivi” faz parte do álbum “Lady Leste”, o segundo álbum de estúdio de Gloria Groove, lançado em 10 de fevereiro de 2022, e que tem a participação da cantora Priscilla Alcantara.

Ao decidir colocar para tocar a música de Gloria Groove na igreja, soou como uma indireta de Priscilla aos evangélicos, já que ela foi bastante criticada nos últimos meses por diversos assuntos como tatuagens, suas participações em shows mundanos e trabalhos na Globo, além de ter cantado ao lado da mesma drag queen algumas vezes.
Além de tocar músicas seculares, também chamou a atenção dos cristãos o fato dela estar vestida no altar da igreja com uma roupa muito colada ao corpo. Ela também, em diversos momentos, debochou de sua presença em uma igreja, isso porque, é a primeira vez que ela canta em uma igreja após sua saída do mercado cristão.

Publicidade

O pastor auxiliar da Igreja Assembleia de Deus Central de Goiânia, Elizeu Rodrigues, foi um dos que criticou a decisão da artista de cantar no altar de Deus. Além disso, Elizeu também criticou o pastor que cedeu o altar para a ex-cantora gospel.

Publicidade

+ Acessadas da Semana