Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Abílio Santana sai em defesa de Cezinha de Madureira, após atrito com Malafaia

Publicado

em

Na segunda quinzena de dezembro de 2021, o pastor Silas Malafaia, da ADVEC, xingou o deputado federal Cezinha de Madureira acusando-o de negociar a legalização dos jogos de azar ‘pelas costas’ da bancada evangélica.

A Câmara dos Deputados deve votar neste ano a proposta que pretende legalizar os jogos de azar no Brasil. No entanto, a Bancada evangélica, na qual Cezinha é presidente, se declarou contrária ao projeto.

Mas, na visão do pastor da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Cezinha teria negociado a aprovação do projeto com os defensores da legalização dos jogos de azar, pela isenção de IPTU a qualquer tipo de imóvel usado por igrejas.

“Ele fez acordo de pauta, sim, senhor. É uma vergonha um líder de bancada evangélica fazer acordo de pauta para jogos de azar. A prova do acordo é que a PEC do IPTU está na pauta. Ele é cínico. Ele que assuma a besteira que ele fez”, disse Malafaia na época.

O deputado chegou até negar a informação de Malafaia chamando-o de mentiroso: “É mentira, acusação gravíssima sem nenhuma base. Triste ver um crente acusando outro”, disse ele.

O deputado reconhece que a bancada também sugeriu a votação da PEC que dá isenção às igrejas, mas alega que não há “toma lá dá cá”.

ABÍLIO SANTANA

Cezinha de Madureira é o atual presidente da Bancada Evangélica e poderá permanecer neste ano no cargo. No entanto, o fato romperia um acordo feito para um revezamento entre ele e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), deputado da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, liderada por Silas Malafaia.

O pastor Silas Malafaia disse ao Estadão que vai aguardar para ver se Madureira “tem caráter e palavra”. “Vamos ver quem tem palavra ou não. Vamos aguardar para ver se eles têm caráter ou não, e vamos reagir conforme a decisão deles. Não apenas tem um acordo como tem uma ata assinada por Cezinha e por toda a direção da frente”, disse Silas.

A declaração de Malafaia chegou até o pastor Abílio Santana, que é membro na Igreja de Madureira, além de ser deputado federal pela Bahia. Santana, por meio de um vídeo, falou da história da Assembleia de Deus Ministério de Madureira e aproveitou para alfinetar o pastor Silas Malafaia.

“Nós honramos os nossos líderes, respeitamos os nossos líderes. Tem igrejas por aí, que basta o presidente morrer que eles já trocam o nome, apagam o nome do fundador… Nós da Assembleia de Deus de Madureira não seguimos esse princípio, porque seguimos o que a Bíblia diz, não remove os marcos antigos. Nós honramos os nossos líderes”, disse Abílio.

A declaração soa como uma indireta ao pastor Silas Malafaia, que herdou a igreja do seu sogro pastor José Santos, fundador da Assembleia de Deus da Penha, e após a sua morte, Malafaia assumiu como presidente e mudou o nome para Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

O deputado prossegue dizendo outras indiretas sobre Silas. Ele ressaltou que os líderes da denominação nunca viajaram em avião presidencial “aproveitando carona”, e que também nunca xingaram ninguém na internet e nem na TV, e também jamais agrediram nenhuma autoridade.

Segundo o pastor baiano, para falar mal da Madureira é preciso “lavar a boca com detergente” e destaca que tem orgulho de fazer parte da denominação.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página