Conecte-se conosco

Gospel

Após nota da Igreja Casa, Davi Passamani diz: “Nada e ninguém pode me impedir de voltar”

Publicado

em

Após a Igreja Casa reafirmar sua decisão de não reintegrar Davi Passamani, o ex-pastor desafiou a posição da igreja - Imagem: Reprodução

Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, o pastor Davi Passamani respondeu ao comunicado da Igreja Casa, expressando saudade e afirmando seu desejo de retornar à igreja. Passamani destacou sua visão original para a Casa, enfatizando a necessidade de perdão e reconciliação.

“Saudade. Saudades de todos vocês, estou”, iniciou Passamani, compartilhando sua emoção ao se dirigir aos membros da igreja. Ele explicou sua interpretação das circunstâncias que o levaram a este momento, relembrando os princípios fundamentais da Casa e sua missão de acolhimento e perdão.

“Quando Deus me deu essa igreja, quando Deus me entregou essa visão, uma das coisas mais incríveis e eu sempre falei sobre isso pra quem falou sobre os 6 anos que passei lá e esqueci que eu preguei”, disse Passamani, refletindo sobre sua caminhada na igreja e reconhecendo seus erros passados.

Ele expressou sua tristeza com a possibilidade de não ser reintegrado à igreja, afirmando que seu retorno não era motivado pela busca de poder ou posição. “Parece que está sendo difícil. Mesmo tendo ensinado para tantas pessoas e tantas. Isso trata-se de algo maior do que eu, que eu cometi o pecado que eu passei. Que não é justificável e eu ando no meu arrependimento”, compartilhou ele.

Passamani enfatizou seu compromisso com a visão divina da Casa e sua determinação em retornar, mesmo diante das dificuldades. Ele reiterou sua disposição para reconciliação e perdão, apesar das críticas e obstáculos enfrentados.

“Vocês, nova direção, estão certos. Jamais voltarei como pastor presidente. Até porque Deus não me colocou como presidente da CASA. Deus colocou uma casa dentro de mim”, disse ele.

“Eu só quero estar sentado lá, existe um povo. Que vai sentar comigo naquele lugar. Existe um povo que me espera assim. Eu sou o pai que errou, mas ainda sou pai. Sou o pai que falhou, mas ainda sou pai”, afirmou Passamani, transmitindo sua mensagem de esperança e perseverança.

O pronunciamento de Passamani gerou reações mistas entre os fiéis da igreja, com alguns expressando apoio e outros preocupação com o impacto de sua possível reintegração. No entanto, o pastor permaneceu firme em sua determinação de retornar à Casa e continuar seu ministério.

“Então eu só quero deixar aqui bem claro nada e ninguém pode me impedir de voltar a pisar num lugar que Deus me deu a honra de construir”, disse ele. “Estou voltando para casa. Essa vai ser minha hashtag. Estou voltando para casa. E não duvidem”, concluiu Passamani, encerrando sua mensagem com uma nota de confiança e fé em seu futuro na igreja. Assista:

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página