Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Após sofrer ataques na internet, ex-marido de Ludmila Ferber quebra o silêncio sobre divórcio

Publicado

em

José Antônio Lino ex-marido de Ludmila Ferber - Foto: Reprodução

O ex-marido da cantora gospel Ludmila Ferber, José Antônio Lino, publicou um vídeo para contar detalhes de seu divórcio com a pastora. Além disso, fez questão de desmentir acusações que vem sofrendo após a morte da artista.

José Antônio vem recebendo muitas críticas e xingamentos nas redes sociais, desde que a cantora faleceu em 26 de janeiro, aos 56 anos, vítima de um câncer no pulmão. Dentre as acusações que recebeu, Lino teria abandonado Ludmila no meio do tratamento contra a doença.

Em um vídeo de vinte minutos, José condenou as acusações contra ele e respondeu todas as denúncias. Além disso, revelou que a partir de agora vai processar quem o acusar de coisas que nunca fez ou foi.

No início da sua exposição, José contou brevemente como foi o namoro, noivado e casamento com Ferber. O casamento aconteceu após 1 ano depois que se conheceram, Lino tinha 21 anos e Ludmila 23. Segundo ele, os dois eram grandes amigos e muitos apaixonados.

Ele chegou a contar que, quando Ludmila Ferber foi demitida de uma grande gravadora, alegando que a mesma não venderia discos, José se prontificou a ajudá-la abrindo um pequeno estúdio para gravar seus CDs, mesmo diante das dificuldades e desconhecimento sobre o assunto. Foi com a ajuda do seu empenho que Ludmila pôde lançar seus dois primeiros projetos, as duas séries “Adoração Profética” e “Para Orar e Adorar”, que são ouvidos até os dias de hoje. Ele disse ainda que muitas das canções lançadas por ela foram compostas durante quando ele pregava.

Eles então tiveram as três filhas, Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino. Mas, depois de alguns anos, o casal começou a apresentar problemas entre eles. Inclusive procuraram psicólogos e terapeutas para salvar o casamento. Porém, nada adiantou, e diante disso, José resolveu sair de casa, após 16 anos, depois de muita conversa entre Ludmila e suas filhas.

Essa introdução foi para esclarecer e desmentir que ele tinha abandonado a cantora durante seu tratamento contra o câncer. Tendo em vista que ambos se divorciaram em 2014. Ludmila descobriu o câncer em 2018, quatro anos depois da separação.

Além disso, confirmou que vem recebendo outras acusações como ter traído a artista enquanto estava casado com ela. “Prostitut0, adultero e agressor” foram algumas palavras direcionadas a ele desde que a cantora morreu no fim de janeiro, segundo José Antônio. Ele é pai de um menino fruto do casamento com a terapeuta Larissa Lino.

De acordo com ele, a partir de agora, qualquer pessoa que apelar para fake news contra ele e sua família, vai acionar seus advogados em busca de Justiça.

“Eu não consigo imaginar como um crente pode escrever para uma filha que acabou de perder uma mãe que, ela é a culpada pela morte da mãe, por causa das escolhas pessoais dela. Enviaram também um vídeo horroroso de uma pessoa que revelou que Ludmila estava no inferno. Mas, ainda dentro da balbúrdia teologia. Vou respeitar a opinião pessoal das pessoas. Agora falarem acusando a minha pessoa de prostitut0, de adúltero e agressor como alguns já escreveram no meu perfil, que Ludmila era agredida fisicamente e que eu era violento”, disse ele.

“A partir de agora eu não somente vou bloquear e apagar essas mensagens, mas antes eu vou printar todas elas e você vai responder na justiça por cada uma dessas acusações e vai ter que provar sobre isso. Então tome cuidado com o que vai escrever a partir agora, OK?”, disse ele. “Ludmila foi tratada com carinho a vida toda com muita dedicação e devoção”













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página