Conecte-se conosco

Brasil e Mundo

Bolo é vendido por R$ 100 mil em leilão de Igreja na Paraíba

Publicado

em

Bolo é vendido por R$ 100 mil em leião de Igreja na Paraíba - Divulgação/Paróquia de São bento

Um singular evento ocorreu na última sexta-feira (19/01) durante a festa de São Sebastião, na cidade de São Bento, Paraíba. O padre Gleiber Dantas, vindo de Caicó, no Rio Grande do Norte, conduziu um leilão peculiar onde um bolo se tornou protagonista de uma disputa acirrada entre duas correntes políticas locais.

Gleiber Dantas, conhecido por realizar mais de 300 leilões, expressou surpresa diante do feito. “Nunca tinha visto algo ser vendido por um valor tão alto em uma festa religiosa”, afirmou o padre, ressaltando que a prenda mais cara que havia testemunhado antes foi um oratório em Mossoró, que atingiu R$ 34 mil.

Tradicionalmente, o bolo é o item mais concorrido nos leilões da paróquia de São Bento. O leilão começou com um lance inicial de R$ 5 mil, mas a disputa logo se intensificou, envolvendo dois grupos políticos locais, ligados à situação e oposição. Ambos os grupos, liderados por primos do padre, demonstraram forte interesse em levar o bolo para casa.

O lance inicial foi superado de maneira surpreendente, chegando a atingir R$ 70 mil antes de finalmente alcançar os R$ 100 mil. O padre Gleiber compartilhou sua apreensão durante o processo, destacando que a cena parecia mais uma demonstração de força política entre os grupos do que um simples leilão beneficente.

“Obviamente os dois grupos tinham intenção de ajudar a igreja, porque só foi para ali quem queria ajudar a igreja, mas ficou claro que havia uma queda de braço. Parecia que um grupo estava chamando o outro para a briga”, comentou o padre.

O vencedor do leilão foi o empresário conhecido como Rafinha Banana, que arrematou o bolo por R$ 100 mil. O doce acabou sendo compartilhado e apreciado pela população da cidade.

O padre Gleiber, que ficou conhecido por se tornar um “meme” nas redes sociais em 2020, mantém sua tradição de usar uma rede durante os leilões que realiza. Ele revelou que o evento arrecadou mais de R$ 200 mil, mas não possui uma estimativa precisa. Segundo o religioso, os recursos obtidos serão destinados às despesas rotineiras da paróquia, construção de novas capelas e ações sociais.

“A paróquia deve ser mantida pelos dízimos dos fiéis, mas há casos em que os dízimos mensais não cobrem os custos”, esclareceu o padre Gleiber Dantas.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página